Início Plantão Rio Barcas S/A reformará lanchas

Barcas S/A reformará lanchas

O grupo de trabalho criado pelo Governo do Rio para discutir o transporte aquaviário do estado se reuniu ontem, pela terceira vez, na sede da Secretaria Estadual de Transportes, em Copacabana. A pedido do secretário de Transportes, Julio Lopes, o diretor-financeiro de Barcas S/A, Gustavo Rodrigues, apresentou um balanço com os principais números da empresa. O deputado Gilberto Palmares, presidente da CPI das Barcas, esteve na reunião junto com o deputado Dionísio Lins, relator da CPI, e trouxe representantes do Tribunal de Contas do Estado para acompanhar a apresentação da empresa.

O secretário Julio Lopes informou que a Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron) está fazendo uma análise do orçamento para a construção de três embarcações, que circularão entre Rio e Paquetá. Este investimento está incluído no empréstimo de R$ 8 milhões do Governo do Estado, através da agência de fomento InvestRio, para Barcas S/A.

A idéia inicial era de que esse recurso fosse investido na reforma de duas embarcações tradicionais, com capacidade para 2 mil pessoas. No entanto, a comissão sugeriu que o empréstimo seja usado na recuperação de apenas uma barca antiga e, o restante, na compra de três catamarãs novos com capacidade para 150 passageiros, que seriam utilizados na ligação entre Rio e Paquetá. Por essa proposta, uma das duas embarcações de grande porte, usadas atualmente no trajeto, seria deslocada para atender a linha
Rio – Niterói, onde a demanda de passageiros é muito maior.

– Estamos avançando juntos para buscar soluções que melhorem o sistema de barcas. Faremos todo o possível para que num prazo de seis meses a população já sinta a diferença no serviço. Certamente teremos mais embarcações operando no sistema, o que vai diminuir os intervalos entre uma viagem e outra, seja para Niterói ou Paquetá.– afirmou Julio Lopes. 

O Superintendente de Barcas S/A, Flávio Almada, contou que, desde o último dia 30,
o número de usuários por dia cresceu.

– Em 2008, a média era de 77 mil pessoas por dia no trecho Rio-Niterói, em vésperas e chegadas de feriado. No último dia 30, tivemos 90 mil passageiros, e na segunda-feira (03/05) foram 95 mil – contou Almada.

Na reunião, o superintendente de Barcas S/A informou que irá reformar, nos próximos meses, as barcas Lagoa e Itaipu, que fazem o percurso Mangaratiba – Ilha Grande – Angra dos Reis, e irão alugar duas embarcações de 250 lugares para atender a população neste período. Além disso, dois atracadores da região também serão reformados. O projeto para as melhorias no terminal da Praça XV ficam prontos dentro de 15 dias, e para o terminal de Niterói, em um mês.  

Na semana passada, representantes da Secretaria de Transportes e da Barcas S/A participaram de uma audiência pública, na qual ouviram sugestões para a melhoria do transporte marítimo na região. A próxima reunião do grupo de trabalho ficou marcada para o dia 19 de maio, às 10h, na sede da secretaria Estadual de Transportes, em Copacabana.
 

Fonte: Secretaria Estadual de Transportes