Início Plantão Rio Bope promove competição de lutas marciais em homenagem ao dia do soldado

Bope promove competição de lutas marciais em homenagem ao dia do soldado

 bope.cv

Pelo terceiro ano consecutivo, o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) vai realizar uma edição especial da competição MMA/Shooto/Bope. O evento, em comemoração ao Dia do Soldado, contará com a participação de 22 atletas de cinco estados do Brasil, além de representantes da Argentina e da Bélgica, que estarão envolvidos em 11 lutas.

 

 

Uma das atrações do MMA/Shooto é a disputa do cinturão mundial de pesos médios entre o campeão sul-americano Hernani Perpétuo e o belga Tommy Depret. Para a conquista do campeonato, foi realizada, neste sábado (24/8), a pesagem dos atletas. Dois representantes do Bope, dois da tropa de Choque da Polícia Militar e um policial federal estão aptos a lutar.

 

 

Para o 3º sargento do Bope Félix Mau Mau, um dos lutadores, a competição é motivadora para garotos e jovens das comunidades, principalmente a Tavares Bastos, que abriga um projeto socioeducativo de lutas marciais desde 2008.

 

 

 

– Na Tavares Bastos, a interação com a comunidade se deu por meio do esporte – afirmou Félix.

 

 

 

O Batalhão de Choque está representado pelo cabo Everton Gigante e pelo soldado Juan Blindado. De acordo com o cabo Everton Gigante, o esporte, além de ser um canal de aproximação com a sociedade, mostra o lado atleta do policial e incentiva o jovem a escolher um bom caminho no futuro. O soldado Juan Blindado, campeão em todas as edições do evento, compartilha da mesma opinião do companheiro de equipe e espera sair mais uma vez vitorioso.

 

 

 

O agente da Polícia Federal Eduardo Bettini acredita que MMA/Shooto/Bope é uma iniciativa que aproxima as instituições públicas da sociedade em geral.

 

 

– O esporte tem a ver com o trabalho policial, que requer preparação física e espírito de superação perante as adversidades – explicou Bettini.