Início Plantão Brasil Brasil tem menor CO² na geração de energia entre as principais economias

Brasil tem menor CO² na geração de energia entre as principais economias

  
Estudo lançado hoje pelo Sistema FIRJAN aponta que o Brasil é o país que menos produz gases do efeito estufa no processo de geração de energia elétrica entre as dez maiores economias do mundo, graças à matriz com grande percentual de geração hidrelétrica.

 
Os rankings elaborados pela Firjan no trabalho “Análise da Qualidade da Matriz Elétrica Mundial” mostram o volume de CO² produzido para gerar 1 GWh (gigawatt/hora), em listas contendo as dez maiores economias, os Brics e por um grupo de mais de 70 países, considerando relevância internacional e matriz elétrica. Neste último caso, o Brasil é o 5º melhor posicionado.

 
O material foi abordado pelo presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, na abertura do debate Energias Renováveis para o Desenvolvimento Sustentável, promovido pelo Sistema FIRJAN e pela Fiesp no Humanidade 2012, no Forte de Copacabana.

 
“Para cada GWh de energia gerado no país, são emitidas 61 toneladas de CO² equivalente, quase dez vezes menos do que a média de 585 toneladas das dez maiores economias e 11 vezes menos que a média de 663 toneladas dos Brics”, afirmou o presidente. O Brasil é responsável por apenas 0,3% das emissões mundiais na geração de energia.

 
O estudo foi obtido a partir de cruzamento da composição da matriz de energia elétrica de vários países, fornecida pela Agência Internacional de Energia, com o fator de emissão por fonte, divulgado em estudo elaborado pela União Europeia. Os dados foram tratados pela Gerência de Competitividade Industrial e Investimentos da Firjan.

 
O estudo “Análise da Qualidade da Matriz Elétrica Mundial” está em anexo.

  
 _________________
Mais informações
Sistema Firjan – Assessoria de Imprensa