Início Plantão Rio Cabral diz que subúrbio terá reforço na segurança

Cabral diz que subúrbio terá reforço na segurança

Na inauguração da quarta Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), nos morros de Chapéu Mangueira e Babilônia no Leme, na Zona Sul, na manhã desta quarta-feira (10) o governador Sérgio Cabral disse que outros bairros, principalmente do subúrbio e da Zona Norte, poderão ganhar unidades como esta. Segundo ele, seis projetos estão em estudo. Mas o governador não quis adiantar onde por medida de segurança.
Locais anteriormente dominados por milícia poderão receber essas unidades. Comentando a operação de terça-feira, em que a polícia cumpriu 42 mandados de prisão, ele garantiu que o tráfico de drogas não irá ocupar o lugar das milícias.
De acordo com o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, não é possível acabar com o tráfico nem com a violência, que existe em qualquer lugar do mundo. Mas é possível dar aos moradores dessas comunidades a garantia de que podem caminhar tranquilamente.
— Estamos acabando com a territorialidade — disse Beltrame em relação a divisão das favelas por poderes paralelos.
O secretário informou que está aguardando a formação de novos praças para a construção de outras UPPs.
— Quando tiver mil policiais preparados, poderemos entrar no Complexo do Alemão. Só com esse quantitativo, teremos condição de entrar no Alemão — lembrou.
O policiamento comunitário da Polícia Militar nas comunidades do Morro Chapéu Mangueira e da Babilônia, no Leme, seguem o modelo das experiências no Morro Dona Marta, em Botafogo, na Zona Sul, e no Batam e na Cidade de Deus, na Zona Oeste.
Segundo a Secretaria Estadual de Segurança, 50 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fizeram o mapeamento e o reconhecimento das comunidades. Os 50 PMs que vão atuar no Chapéu Mangueira e na Babilônia foram treinados no Batam.

 

Fonte: Governo do Estado