Início Plantão Rio Calçada da Fama para tenistas no Maracanãzinho

Calçada da Fama para tenistas no Maracanãzinho

A final do torneio de tênis Banco Cruzeiro do Sul Rio Champions, esse domingo, no Maracanãzinho, foi de grande emoção para todos os tenistas que participaram. Antes da vitória do brasileiro Fernando Meligeni sobre o australiano Mark Philippoussis os quatro tenistas que já foram número um do mundo, Gustavo Kuerten (Guga), Marat Safin, Jim Courier e Mats Wilander, e dois medalhistas brasileiros, Fernando Meligeni e Thomaz Koch, inauguraram o setor de tênis da Calçada da Fama do estádio.

Para a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Márcia Lins, foi um momento de grande importância para o esporte nacional e de engrandecimento para o Maracanãzinho, um templo do esporte. Os atletas, segundo Márcia, terão seu nome ligado a um espaço que prima pela qualidade técnica e pelos grandes eventos, como os Jogos Pan-Americanos e os grandes encontros esportivos, como Copa do Mundo de Vôlei, Grand Prix de Judô e tantos outros.

– Tenho certeza de que esse é um momento histórico para o Rio de Janeiro e para o esporte fluminense. O Maracanãzinho, que inaugurou sua Calçada da Fama, em 2009, com as marcas das mãos dos 12 jogares da seleção campeã de Vôlei Masculino e do técnico Bernardinho, além do melhor jogador de futsal do mundo, o Falcão, agora temos a honra de imortalizarmos alguns dos melhores tenistas do mundo. É uma hora de grande festa – afirmou a secretária.

Após a cerimônia de premiação dos tenistas os organizadores do evento doaram ao governo estadual o piso usado para o torneio, no valor de R$ 100 mil. Trata-se de um piso de borracha maciça, de 44 metros por 21 metros, que poderá ser usado em quadras de tênis, basquete, futsal e handebol.

O tenista Gustavo Kuerten, o primeiro a deixar a marca de sua mão estava emocionado. Garantiu que quase explodiu a caixa, pela empolgação no momento de registrar a sua mão. O tenista russo Marat Safin teve sua a marca de sua mão retirada no intervalo do jogo.
– Esse é mais um dia que ficará na minha memória por estar aqui, fazendo parte da história do esporte brasileiro – concluiu Guga.

Fonte: Governo do Rio