Início Plantão Rio Comando de Policiamento Ambiental amplia atuação no Rio de janeiro

Comando de Policiamento Ambiental amplia atuação no Rio de janeiro

 

1_upam____03

 

A educação ambiental infantil é uma das ações do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) para proteção da biodiversidade no estado, que abriga cerca de 30% das áreas remanescentes de Mata Atlântica.   Atualmente, o comando coordena sete Unidades de Polícia Ambiental (UPAms), que fazem o policiamento ostensivo em áreas estaduais de conservação e atuam na preservação da fauna e da flora, reprimindo a caça e a pesca ilegais e prevenindo a poluição da água, terra e ar. Além do combate aos crimes ambientais, o comandante do CPAm, coronel André Vidal, implantou duas importantes ações: os programas de soltura de animais e de reflorestamento, ligados à educação ambiental.

 

Depois de resgatados pelos policiais, os animais são encaminhados para o CPAm, onde passam por inspeção veterinária, e são soltos no habitat natural. Os que não podem ser reintroduzidos imediatamente são levados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres, em Seropédica, para receber tratamento. 

 

 

– O Rio de Janeiro é o estado com maior proporção de Mata Atlântica e o CPAm está dentro das unidades de conservação para preservar a biodiversidade. Intensificamos o patrulhamento ostensivo e começamos os programas de educação em parceria com as escolas das redondezas. Levamos as crianças para devolver para a natureza os animais apreendidos, destruir as gaiolas que os prendem e cuidar das árvores –  explicou o comandante.

 

 

Os policiais também distribuem folhetos para conscientizar sobre os crimes cometidos com a compra de animais silvestres e sobre as formas de denunciar. Em 2015, o CPAm registrou 2.788 ocorrências, 50% a mais que no ano anterior.

 

 

>>> Linha Verde – O Linha Verde tem sido aliado do CPAm através de contatos anônimos pelos telefones 2253-1177 (capital) ou 0300 253 1177 (interior). No ano passado, o sistema do Disque-Denúncia bateu recorde de ligações relacionadas ao meio ambiente: 7.533 denúncias.
 

 

 

>>> Sede permanente – O comandante do CPAm planeja implantar uma sede permanente na maior floresta urbana do mundo, o Parque da Pedra Branca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Ele também pretende instalar duas UPAms nas áreas do Parque da Costa do Sol, na Região dos Lagos, e da Serra da Concórdia, no Médio Paraíba, que se juntarão às unidades já existentes na Pedra Branca, na capital; Móvel, no Médio Paraíba; Desengano, no Norte; Joatinga, na Costa Verde; Três Picos, na Serra; Serra da Tiririca, na Região Metropolitana; e Marítimo Fluvial, na costa fluminense.

 

Em fevereiro, a Secretaria do Ambiente doou 800 uniformes camuflados para o CPAm atuar no combate aos crimes ambientais.