Início Plantão Barra Prefeito dá início às obras da Transolímpica

Prefeito dá início às obras da Transolímpica

 

 

Na quarta-feira, dia 4, a prefeitura iniciou as obras da via expressa Transolímpica. O novo corredor de BRT (Bus Rapid Transit) terá 23 quilômetros de extensão, ligando os bairros do Recreio dos Bandeirantes à Deodoro, passando por Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Curicica, Taquara, Jardim Sulacap e Magalhães Bastos. O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, participaram da cerimônia que marcou o início das obras, que começam pela construção de um viaduto sobre a Avenida Marechal Fontenelle, em Sulacap.

 

A implantação da Transolímpica vai custar R$ 1,55 bilhão e o financiamento será em parceria com a iniciativa privada através de concessão, que dará o direito de construção, manutenção e operação por 35 anos. A previsão é que as obras fiquem prontas até o final de 2015.

 

 

O prefeito Eduardo Paes ressaltou que esta não é uma obra feita apenas para as Olímpiadas, mas sim um importante legado para a região.  “A construção da Transolímpica será uma mudança radical na vida das pessoas. Alguns atletas até vão passar por aqui, mas é a população trabalhadora que irá se beneficiar. O percurso para quem mora em Santa Cruz, com a Transoeste, foi reduzido para 40 minutos até a Barra. Com esta obra pronta, a população já tem ideia do que será a Transolímpica, uma transformação na mobilidade das pessoas”.

 

 

Importante obra prevista no caderno de encargos para os Jogos Olímpicos de 2016, a Transolímpica liga a Vila dos Atletas e o Parque Olímpico do Rio, onde fica hoje o Autódromo de Jacarepaguá , ao Parque Radical do Rio (que vai sediar as provas de ciclismo Montain-Bike e BMX e canoagem slalom), em Deodoro.

 

Serão construídas duas pistas com três faixas para veículos e faixas exclusivas para o BRT, permitindo conexão com as vias da Transcarioca, em Curicica, em Jacarepaguá, e com a Transoeste, na Avenida das Américas, na Altura do Recreio dos Bandeirantes, além de interligar com os trens da Supervia na estação Deodoro. Neste mesmo local haverá uma integração com o futuro BRT da Avenida Brasil (Transbrasil.

 

 

 

Saiba mais sobre o traçado da Transolímpica

 

A Transolímpica inicia na Avenida Salvadro Allende e segue pela Estrada de Curicica até a Estrada do Guerenguê, em Curucica, indo em direção à Avenida Rodrigues Caldas, já na Taquara. O trajeto passa pela Estrada Outeiro Santo, entre a Rua Ipadu e pelas estradas da Ligação, do Rio Grande e da Boiúna, até chegar ao túnel do Engenho Velho, no Maciço da Pedra Branca.

 

A via expressa segue a Estrada do Catonho (que continuará sendo uma alternativa aos veículos que não quiserem acessar a Transolímpica) e chega a Sulacap pela Avenida Marechal Fontenelle, seguindo pela Avenida Duque de Caxias, Estrada São Pedro de Alcântara. Em Deodoro a via segue pela rótula que será construída na Avenida Brasil, onde a Transolímpica futuramente encontrará a Transbrasil, fechando o anel viário da cidade e complementando os BRTs Transcarioca (em construção) e Transoeste (inaugurado em junho). Com essa nova estrutura viária, o índice de cobertura de transporte de alta capacidade passa dos atuais 18% para 63% até 2016.

 

 Fonte: Prefeitura do Rio