Início Plantão Rio "Como estou hoje", da Cia dos Atores, tem nova temporada na Lapa

"Como estou hoje", da Cia dos Atores, tem nova temporada na Lapa

Após estrear no Espaço Sesc, o espetáculo “Como estou hoje” realiza nova temporada na Sede das Cias, na Lapa, onde fica em cartaz de 14 a 22/11, todas quintas e sextas, às 20 horas. Monólogo integra o projeto Ethos Carioca, que comemora os 25 anos da Cia dos Atores e que conta ainda com os espetáculos “Conselho de Classe” e “LaborAtorial”.

 

 

Em seu primeiro trabalho à frente de um espetáculo de teatro, o coreógrafo João Saldanha dirige monólogo com o atorMarcelo Olinto. No palco, Olinto promove um diálogo com o público, partindo da ideia de que modos e hábitos são construídos também a partir do que vestimos. 

 

A partitura proposta se mantém por lembranças pessoais e assuntos relativos à perspectiva do ator, que vive a transformação para traçar um recorte do mundo em que vivemos. Por meio de gestos e olhares, o ator estabelece uma relação bastante próxima do público, criando uma troca constante.

 

O texto aponta diversas referências do mundo da moda e personagens marcantes, como Zuzu Angel, Simão Azulay, Mulher-gato, entre outros, fazendo um paralelo com o modo de se vestir e portar ao longo do tempo.

 

ETHOS CARIOCA

Após passar por uma intensa reformulação, a companhia carioca, formada atualmente por Bel Garcia, Marcelo Valle, Marcelo Olinto, Susana Ribeiro, César Augusto e Gustavo Gasparani, vive um momento especial. A primeira ação aconteceu em agosto, com a reabertura de sua sede na Lapa. Agora chamada de Sede das Cias, o espaço abriga também as companhias Os Dezequilibrados e Pangeia Cia de teatro. A segunda ação teve início em setembro, com a Ocupação Ethos Carioca.

 

Patrocinado pela Petrobras, o projeto investe em uma das principais marcas da Cia dos Atores ao longo do tempo – o encontro com outros artistas e grupos de teatro – e traz espetáculos criados a partir dessas novas articulações. 

 

Integram o projeto: “Conselho de classe”, texto de Jô Bilac, direção de Bel Garcia e Susana Ribeiro; “LaborAtorial”, monólogo com Marcelo Valle, texto de Diogo Liberano, direção de Cesar Augusto e Simon Will; e “Como estou hoje”, monólogo com Marcelo Olinto, texto e direção de João Saldanha.

 

O processo colaborativo, a provocação estética e o diálogo com o tempo presente, características tão fortes da Cia dos Atores, perpassam todos os espetáculos da ocupação, buscando traçar novas possibilidades para o estar junto: no teatro e no mundo. São trabalhos bastante distintos, mas que tem em comum o apreço pela pesquisa e o experimentalismo. 

 

CIA DOS ATORES

Formada em 1988 no Rio de Janeiro pelos atores Bel Garcia, Drica Moraes, César Augusto, Gustavo Gasparani, Marcelo Olinto, Marcelo Valle e Susana Ribeiro, em torno do diretor e também ator Enrique Diaz, a Cia dos Atores foi criada com o objetivo de suprir uma necessidade de estudar e experimentar novas possibilidades da cena teatral.

 

A partir de 2004, com uma sede de trabalho localizada na Lapa, esse caminho de pesquisa e renovação permanente de linguagem artística se fez possível e frutificante. São mais de uma dezena de espetáculos montados, diversos prêmios e uma carreira nacional e internacional reconhecida pela imprensa especializada.

Ficha técnica 
Texto e encenação: João Saldanha
Atuação e colaboração: Marcelo Olinto
Direção de produção: Tárik Puggina 
Produção: Nevaxca Produções 
Realização: Marcelo Olinto e Cia. dos Atores

 

Serviço:
Temporada: de 14 a 22/11/2013 (quintas e sextas)
Local: Sede das Cias (Rua Manuel Carneiro, 12 – Escadaria Selarón/Lapa 
Telefone: 2137-1271
Horário: 20h
Ingressos: R$30,00 / R$15,00 (estudantes e acima de 60 anos)
Bilheteria: 1h antes do espetáculo
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares

ASSESSORIA DE IMPRENSA:
RPM Comunicação

RPM Comunicação