Início Plantão Mundo Conclave terá como secretário bispo que viveu no Brasil

Conclave terá como secretário bispo que viveu no Brasil

A reunião que definirá o nome do sucessor do papa Bento XVI, o conclave, será conduzida por um bispo que conhece bem o Brasil e viveu no país: o atual secretário da Congregação para Bispos, dom Lorenzo Baldisseri, de 72 anos, que foi núncio apostólico no Brasil entre 2002 e 2012.

 

Por ocupar o cargo de secretário do Colégio Cardinalício, Baldisseri assumirá a função de secretário do conclave. Pela Constituição Apostólica Universi Dominici Gregis, que determina como deve ser feita a eleição do novo papa, é o secretário do Colégio Cardinalício que desempenha as funções de secretário da Assembleia Eleitoral.

 

Nas Américas, além do Brasil, Baldisseri conhece bem o Paraguai, o Haiti, a Guatemala e El Salvador, onde viveu. Também teve experiências na África, pois morou em Moçambique e no Zimbábue.

 

O único brasileiro que ocupou a função de secretário do Colégio Cardinalício foi o cardeal Lucas Moreira Neves (1979-1987), que morreu em 2002. Mas durante o seu mandato não foi feito nenhum conclave. Moreira Neves foi arcebispo metropolitano de Salvador, capital da Bahia, e primaz do Brasil, nomeado pelo papa João Paulo II.

 

Ainda não foi definida a data do início do conclave, cuja duração não é definida. A expectativa é que comece nos próximos dias, conforme sinalizou o Vaticano sobre a antecipação da reunião. Durante o conclave, estarão aptos a votar 115 cardeais, inclusive cinco brasileiros.

 

Os eleitores são mantidos isolados, sem contato externo. Há toda uma supervisão e um esquema de segurança para que isso ocorra. Os cardeais que votam são aqueles com menos de 80 anos.

 

Agência Brasil

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here