Início Plantão Barra Concurso de fotografia valoriza e imortaliza atividades econômicas tradicionais do Centro do...

Concurso de fotografia valoriza e imortaliza atividades econômicas tradicionais do Centro do Rio

A Prefeitura do Rio lançou, segunda-feira, dia 12 de setembro,  o concurso de fotografias Olhos de Ver – Negócios de Valor, com objetivo de registrar e imortalizar as tradicionais atividades econômicas do Centro do Rio de Janeiro.  O regulamento está disponível neste siteA iniciativa é uma parceria do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) e o Sebrae-RJ, que formatou o projeto Negócios de Valor. Ao todo, 24 estabelecimentos fazem parte do projeto que tem o objetivo de fortalecer as atividades econômicas tradicionais e notáveis da Região Portuária e do Centro Histórico, preservar suas identidades e torná-las competitivas, lucrativas e sintonizadas com as novas demandas e oportunidades do mercado.  “Os negócios tradicionais da cidade precisam se manter na mente e no cotidiano do carioca. Queremos ver como a cidade observa esses negócios. Tenho certeza de que teremos belas imagens e veremos ângulos diferenciados sobre esses estabelecimentos que fazem parte da vida da cidade há tanto tempo”,  disse o presidente do IRPH, Washington Fajardo.

 

 

São considerados negócios tradicionais empresas que possuem uma marca ou reputação reconhecida; empresas familiares que preservam o negócio entre gerações; comércios que preservam técnicas e processos de produção artesanais ou tradicionais, e que sejam reconhecidos símbolos ou como parte da história da cidade do Rio de Janeiro.
 

 

 

As inscrições são gratuitas e abertas para toda a população. As fotografias devem ser enviadas anexadas para este e-mail , com o título Concurso de Fotografias Bens Culturais de Natureza Imaterial até o dia 27 de outubro. Cada participante poderá inscrever, no máximo, três fotografias inéditas. As imagens podem ser coloridas ou preto e branco e deverão estar no formato digital (jpg). Não poderá ser feito qualquer tipo de montagem ou uso de efeitos especiais sobre as imagens.

 

 

As imagens serão analisadas por uma comissão julgadora composta por técnicos do IRPH que irá escolher as 24 melhores imagens, sem ordem classificatória. Os principais critérios de seleção serão: vinculação com o tema, cuidado com a técnica, originalidade e qualidade artística. A comissão julgadora não será obrigada a atingir o número de 24 fotografias selecionadas, caso avalie que as imagens concorrentes não apresentam atributos para serem escolhidas.

Negócios de Valor

O projeto busca formas de preservar a história e ajudar na adequação destes negócios às mudanças da sociedade e do mercado. A prefeitura tem 47 negócios considerados como patrimônio imaterial, na categoria atividade econômica tradicional e notável. Destes, 29 estão localizados no Centro e na Região Portuária, dos quais 24 foram selecionados para participar do guia. O objetivo é conferir destaque a esses negócios no mapa da cidade para serem atrativos tanto para moradores quanto para turistas, de modo a gerar uma rede de consumo que contribua para sua permanência no território.

 

 

Para auxiliar o desenvolvimento dos negócios na região, o Sebrae/RJ e a prefeitura realizam as seguintes atividades: capacitação para valorização da marca, finanças, marketing e visual de loja; registro fotográfico e divulgação; registro no Livro de Atividades Econômicas e Notáveis da Cidade e recebimento da Placa do Circuito do Patrimônio Cultural Carioca.
 

 

 

Uma das linhas editoriais do IRPH, a coleção Olhos de Ver é formada por postais agrupados por temas específicos relacionados com o patrimônio carioca. Em 2012, três exemplares foram lançados: bares tradicionais, subúrbio carioca e arquitetura art-déco. Em 2013, duas novas edições: Burle Marx e Bens Culturais de Natureza Imaterial.

 

Relação dos Negócios de Valor
A Mala Ingleza – Avenida Marechal Floriano, 81. Centro
A Roseira da Cruz Vermelha – Praça da Cruz Vermelha 40. Centro
Angu do Gomes – Rua São Francisco da Prainha, 3. Saúde
Bar Brasil – Avenida Mem de Sá, 90. Centro
Bar Luiz – Rua da Carioca, 39. Centro
Caça e Pesca – Avenida Marechal Floriano, 83. Centro
Café do Bom Cachaça da Boa – Rua da Carioca, 10. Centro
Carioca da Gema – Avenida Mem de Sá, 79. Centro
Casa Azevedo – Rua Senhor dos Passos, 61. Centro
Casa Urich – Rua São José, 50. Centro
Confeitaria Colombo – Rua Gonçalves Dias, 32. Centro
Cedro do Líbano – Rua Senhor dos Passos, 231. Centro
Chapelaria Alberto – Rua Buenos Aires, 73. Centro
Charutaria Syria – Rua Senhor dos Passos, 180. Centro
Confeitaria Carolana – Rua Buenos Aires, 124. Centro
Gráfica Marly – Rua do Livramento, 40. Gamboa
Jaqueta Ideal – Rua Camerino, 70. Centro
O Veleiro – Rua Teófilo Otoni, 48. Centro
Olegário e Lourenço – Rua Regente Feijó, 12, Centro
Rio Scenarium – Rua do Lavradio, 18, 20 e 22. Centro
Salão OK – Rua Senador Dantas, 24. Centro
Salão Pop – Rua Gonçalves Ledo, 7. Centro
Tabacaria Africana – Praça VX, 38. Centro
Vidromar Embalagens – Rua do Senado 166. Centro