Início Plantão Brasil Congresso Internacional de Odontologia

Congresso Internacional de Odontologia

Mais de 60 mil pessoas, entre cirurgiões-dentistas, acadêmicos, expositores de todos os continentes e demais profissionais do setor odontológico estarão reunidos em São Paulo entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro, no Congresso Internacional de Odontologia do Centenário, que dá início aos comemorativos de 100 anos da APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, no Expo Center Norte (rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, zona norte). Sob o tema “Agregar para crescer”, este megaevento é uma grande vitrine sobre o que há de mais moderno em pesquisas, técnicas, materiais, equipamentos e tecnologias do setor. “Com uma proposta inovadora, o congresso será histórico e único”, festeja o presidente do evento, Silvio Cecchetto. As atividades começam às 10 horas do sábado (29).

Às 19h30 do sábado, haverá a solenidade de abertura na sede da APCD,  na rua Voluntários da Pátria, 547, em Santana. Já confirmaram presença o ministro da Saúde Alexandre Padilha, o coordenador nacional de Saúde Bucal Gilberto Pucca, o ex-ministro José Gregori, o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp) Emil Adib  Razuk, o presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO) Ailton Diogo Morilhas Rodrigues e o presidente da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO) Fernando Gueiros. 

Números não faltam para expressar a grandeza do congresso: são mais de 100 cursos, conferências clínicas, simpósios, workshops, hands-on e atividades multidisciplinares, sob o comando de 220 ministradores, dos quais 10 são conferencistas de seis países (Suíça, Estados Unidos, Espanha, Portugal, Holanda e Itália). Somam-se ainda 786 trabalhos de livre inscrição: 656 painéis, 71 temas livres, 24 fóruns científicos e 24 clínicos, 11 mesas demonstrativas. Além de mais conferências internacionais, a edição traz três novas atividades: Curso Sequencial para Clínica Diária, Soluções Clínicas e o Curso Nacional para Acadêmicos.

A Feira Internacional de Odontologia de São Paulo apresentará as principais novidades tecnológicas para o setor. Estarão presentes 220 empresas de 21 países, incluindo o Brasil. Marcam presença no evento companhias da Alemanha, Argentina, Austrália, Canadá, China, Colômbia, Coreia, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Inglaterra, Israel, Itália, Paquistão, Portugal, Suécia, Suíça, Taiwan e Uruguai.

 Como as mulheres representam 65% do público, o congresso disponibiliza o Criançódromo, área onde mães e pais podem deixar seus filhos de zero a 11 anos enquanto frequentam os cursos. Informações do congresso estão no site www.apcd.org.br/centenário.

APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

Coordenada pelo professor-doutor em Periodontia da Unicamp, Antônio Wilson Sallum, a grade científica contará com dez conferencistas internacionais: os norte-americanos Giuseppe Cardaropoli (Universidade de Nova Jersey) e Homayoun Zadeh (University of Southern Califórnia); os italianos Vito Antonio Malagnino (Università di Chieti Pescara), Paolo Casentini (Universidade de Milão) e Roberto Scotti (Universidade de Bolonha); o suíço Anton Sculean (Universidade de Berna), o espanhol Josep M.Ustrell (Universidade de Barcelona), o holandês Luc Van Der Sluis (Academic Centre for Dentistry Amsterdam) e os portugueses Ricardo Faria Almeida (Universidade Fernando Pessoa) e Miguel Stanley (Clínica White Life Design).

A grade científica oferece uma programação multivariada e dinâmica nas atividades de atualização profissional. Haverá, por exemplo, oito conferências clínicas, com ministradores se revezando a cada 50 minutos. Na série Soluções Clínicas, os 12 palestrantes vão analisar um problema para o qual proporão diversas soluções possíveis. Haverá ainda uma grande variedade de cursos de diversos níveis – de graduação a pós-graduação e especialização – abordando temas como Microcirurgia, Pediodontia, Dentística, Cirurgia e Implante. A programação inclui atividades multidisciplinares, workshops, hands-on, cursos direcionados de Saúde Pública, e para Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal e Técnicos em Prótese Dentária.

EVENTOS PARALELOS

Paralelamente ao congresso, haverá quatro grandes eventos: o Projeto Ensino e Pesquisa “Elenice Ap. Nogueira Gonçalves” (PEP), o Projeto Saúde Coletiva, o Projeto Odontocomunidade e uma série de simpósios-satélites. Confira:

Odontocomunidade – Projeto social da APCD, é uma continuação do projeto social SOS Sorriso Saudável, que desde 1992 transforma crianças de escolas públicas e comunidades carentes em Doutores Mirins de Saúde Bucal. Elas tornam-se multiplicadoras de informações sobre prevenção de doenças bucais na família, comunidade e entre amigos. No congresso, elas transmitem os conhecimentos a outras crianças em uma área especial, com escovódromo e local para higiene e controle de placa bacteriana.

Há três anos, o projeto passou também a atender  idosos, com orientações sobre câncer bucal, higienização de prótese, alimentação e medição de glicemia, entre outros assuntos. A equipe que participa do evento é multiprofissional, com cirurgiões-dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas e técnicos em Saúde Bucal.

PEP – Em sua 11ª edição, promove no sábado (29) uma reflexão sobre qual tipo de profissional o Brasil está formando na Odontologia, seja na graduação ou na pós-graduação. Sob coordenação dos professores-doutores Rielson José Alvez Cardoso e Sigmar de Mello, educadores, clínicos, professores e dirigentes debaterão ainda se as escolas estão formando profissionais para atender às perspectivas do século 21. Na pauta estão a relação entre a graduação e a Lei de Diretrizes e Bases, a integração entre a graduação e a pós-graduação, a tecnologia de informação e comunicação aplicada à formação de recursos humanos em saúde, a humanização da saúde pública e a formação odontológica no mundo e o papel do Brasil.

Projeto Saúde Coletiva – Abordará, domingo e segunda (30 e 31), temas pouco explorados na Odontologia: Apoio Matricial, Redes Sociais e Regionalização. Dois ministradores vão se revezar na apresentação – um na área da Saúde e outro em Odontologia. O encontro lançará foco também sobre outros temas de interesse dos profissionais de saúde: Atenção Secundária em Odontologia, Vínculo e Acolhimento, Ensino Odontológico e Epidemiologia. Participarão do evento 20 pesquisadores para debater as políticas públicas brasileiras.

Simpósios-satélites – Na sede da APCD, serão promovidos cinco simpósios-satélites: GSK (sábado), Colgate (domingo a terça), Traumatologia (domingo), Hipnose (segunda) e dos CEAPs – Comitês das Escolas de Aperfeiçoamento Profissional (domingo a terça).

CONGRESSO EM NÚMEROS
Público – mais de 60 mil profissionais, acadêmicos e expositores;Grade científica – mais de 100 cursos, conferências clínicas, simpósios, workshops, hands-on e atividades multidisciplinares;
Trabalhos de Livre Inscrição – 786 (656 painéis, 71 temas livres, 24 fóruns científicos e 24 clínicos, 11 mesas demonstrativas);
Ministradores – 220, dos quais 10 estrangeiros de seis países;
Expositores – 220 de 21 países; 
Hospedagem para congressistas – 2.500 apartamentos em oito hotéis;
Programação social – promoção de quatro shows, quatro festas e convênio com seis bares.
Projeto Odontocomunidade – 2.600 crianças e 500 idosos.

Fonte: Lu Fernandes