Início Plantão Mundo Contra o protencionismo

Contra o protencionismo

Ao chegar a Buenos Aires, na Argentina, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou as medidas protecionistas e defendeu liberdade de comércio para enfrentar a crise financeira internacional. Em visita oficial ao país, Lula se reuniu com a presidente Cristina Kirchner. A diplomacia dos dois países discute uma lista de 20 itens que tratam da integração bilateral. Quando chegou ao hotel próximo à Embaixada do Brasil na noite passada, o presidente disse que as medidas que dificultam a entrada de produtos brasileiros no mercado argentino não preocupam porque é normal que, em tempo de crise, as pessoas queiram se proteger.

– O Brasil tem uma tese: quanto mais protecionismo, menos chance nós temos de resolver o problema da crise. O que precisamos é, em um processo de convencimento, fazer as pessoas entenderem que muita liberdade para o comércio é a chance que nós temos – disse Lula.

 

Fonte: Correio do Brasil