Início Plantão Rio Curso treina policiais militares para atuar em eventos internacionais

Curso treina policiais militares para atuar em eventos internacionais

 

 

Um passo importante para a segurança da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, foi dado nesta segunda-feira (07/05). O Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) e a Universidade Federal Fluminense (UFF) realizaram, no Morro da Urca, a aula inaugural do novo Curso de Extensão de Policiamento em Áreas Turísticas.

 

 

No curso, com duração de seis semanas, os policiais da unidade receberão treinamento especial para trabalhar nos grandes eventos internacionais que serão realizados no Rio de Janeiro. A primeira turma é composta por 35 militares que, neste período de especialização, passarão por um estágio prático-operacional durante a Rio+20, que começa no dia 13 de junho. O objetivo da Polícia Militar é deixar um legado para a cidade, que tem vocação para a receptividade.

 

– O policial do BPTur passará a conhecer melhor a história dos locais em que trabalha. É importante que ele entenda o contexto histórico de cada ponto turístico e saiba interagir melhor – explica o comandante do BPTur, tenente-coronel Joseli Cândido.

 

Além de conhecimentos de História, os policiais aprenderão noções de Marketing Turístico. Também fazem parte da ementa do curso as seguintes disciplinas: Negociação de Conflitos, Policiamento Comunitário, Imunidade Diplomática, Policiamento em Áreas turísticas, Estudo de Vitimização do Turista, Estatuto da Criança e do Adolescente, além de espanhol e inglês instrumentais, específicos para trabalho com turismo.

As aulas serão realizadas no auditório do 19º BPM (Copacabana), mas estão programadas também visitas técnicas aos principais atrativos cariocas, em um tour pela cidade. Ainda no sentido de melhorar a segurança voltada para as áreas turísticas, o BPTur ganhará nova sede: no prédio desativado do Hospital Centenário, em Santa Teresa.

O subsecretário operacional da Secretaria de Segurança, delegado federal Roberto Alzir, responsável pela aula inaugural, destacou a importância da integração entre as polícias para a segurança da cidade.

– Todas as instâncias de governo participarão da organização destes eventos, por isso é muito importante o entendimento – afirmou Alzir.

A expectativa é que o curso forme cem policiais militares até março de 2013.

– A especialização e a capacitação são marcas da atual política de segurança pública – disse o chefe do Estado Maior Administrativo, coronel Robson Rodrigues.

 

Fonte: Governo do Rio