Início Plantão Rio DER-RJ iniciará fiscalização na estrada-parque Visconde de Mauá

DER-RJ iniciará fiscalização na estrada-parque Visconde de Mauá

 

 

 

A RJ-163, também conhecida por Estrada-Parque Visconde de Mauá, rodovia localizada na Região Sul Fluminense, recém-reformada e entregue pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), a partir da próxima semana passará a ter o seu tráfego de veículos fiscalizado pelo órgão. O objetivo é controlar e coibir o trânsito de veículos de carga pela via, uma vez que desde a sua restauração o fluxo de automóveis aumentou consideravelmente.

 

 

As atividades serão iniciadas na próxima quinta-feira (10/5), um dia antes do início da tradicional Festa do Pinhão, que será realizada nos dias 11, 12 e 13 de maio, em Visconde de Mauá. Durante todos os dias o DER-RJ, contando com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), distribuirá suas equipes ao longo de toda a RJ-163, principalmente no trecho entre a localidade de Capelinha e Visconde de Mauá.

 

 

Além do controle sobre quais tipos de veículos poderão trafegar pela via, o DER-RJ estará notificando os automóveis que ultrapassarem os limites de velocidade, ou estejam com alguma irregularidade na documentação, seja do condutor, ou do veículo.

 

 

Tratando dos veículos de carga, caso estes estejam fora dos padrões estabelecidos para a utilização da rodovia, serão obrigados a retornar. Está permitida apenas a trafegabilidade de caminhões com até 16 toneladas, também chamados de caminhões toco. Ônibus com três ou mais eixos também serão proibidos, além de veículos de competição, veículos de tração, tratores de esteira e tratores mistos.

 

 

Importante ressaltar que a medida está sendo tomada com a intenção de preservar as melhorias físicas realizadas na RJ-163, assim como garantir a segurança e conforto dos motoristas que utilizam a via. A Estrada-Parque Visconde de Mauá tem como principal característica respeitar rigorosamente determinados conceitos ecológicos, tais como passagens subterrâneas e áreas para animais, além do limite de velocidade estabelecido em 40km/h.

 

Fonte: Governo do Rio