Início Plantão Rio Entre Trópicos – 46º0

Entre Trópicos – 46º0

EXPOSIÇÃO NA CAIXA CULTURAL APRESENTA O DIÁLOGO DAS ARTES DE CUBA E DO BRASIL

Mostra reúne trabalhos de 11 artistas brasileiros e 11 cubanos de gerações diferentes

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 24 de janeiro a 26 de fevereiro de 2012, a exposição “Entre Trópicos – 46º05’: Cuba / Brasil”, que terá a participação de 11 artistas brasileiros e 11 cubanos, de gerações diferentes, alguns já com longa trajetória e projeção internacional e outros em início de percurso, mas cujo trabalho já se revela vigoroso e instigante. O projeto foi selecionado pelo Edital de Ocupação da CAIXA Cultural e tem patrocínio da Caixa Econômica Federal.

A mostra “Entre Trópicos – 46º05’: Cuba / Brasil” tem curadoria de Íbis Hernández (Cuba) e Marisa Flórido (Brasil), e visa apresentar as produções artísticas, a partir de confrontos e afinidades. Como um jogo especular, cada obra de um artista cubano estabelecerá relações por correspondência ou dissonância com outra de um brasileiro, convergências ou disjunções, espelhamentos e refrações em torno de experimentações artísticas e questões conceituais comuns.

Em suportes e mídias diversas, como instalação, pintura, desenho, gravura, escultura e vídeos, a produção dos dois países será apresentada por um olhar em reciprocidade — na dupla condição de observar e ser observada — mas também no deslocamento e confronto de contextos e pontos de vistas, exigindo do observador que considere, na recepção da obra, o lugar do outro. Surgirão assim novas perspectivas e desvios: nem seu próprio ponto de vista nem o do outro, mas as muitas fugas produzidas no hiato entre eles, no interstício entre os trópicos

Se considerarmos que Brasil e Cuba possuem, em relação às centralidades do mundo, uma posição periférica, poderíamos dizer que nossa visão da arte e de mundo já é, constitutivamente, uma visão desviante, descentrada e lateral. Visões de coordenadas distintas dos trópicos – 46º 05’ entre as latitudes de Rio de Janeiro e Havana – que demandam uma diferença dentro do sistema de arte, que interrogam as narrativas hegemônicas de sua história, implicando novos modos de visibilidade e enunciação.

Se artistas cubanos e brasileiros vêm recebendo projeção internacional nas últimas décadas, o melhor da produção desses dois países é justamente aquela que se insere no circuito internacional, estabelecendo com ele tensões e aberturas de perspectivas, desfazendo enquadramentos fáceis, olhares viciados e estereotipados — tanto por abrir mundos e explicitar sua estrangeira familiaridade, como por trazer questões que afetam a todos – embora percebidas de diferentes modos.

Essa será uma exposição que tanto possibilitará trazer a produção contemporânea de Cuba para o Brasil, quanto confrontar visões de mundo e da arte com a produção brasileira, estabelecendo um diálogo entre o Brasil e a América Latina.

Artistas cubanos convidados:
Aimée García, Abel Barroso, Douglas Pérez, Duvier del Dago, Fernando Rodríguez, Glenda León, Iván Capote, Lázaro Saavedra, René Francisco Rodríguez, Yoan Capote e Ibrahim Miranda.

Artistas brasileiros convidados:
Nelson Leirner, Paulo Bruscky, Regina Silveira, Cristina Salgado, Nelson Félix, Cadu Costa, Alexandre Vogler, Chang Chi Chai, Rosana Ricalde, Monica Nador e João Manoel Feliciano.

Serviço:
EXPOSIÇÃO ENTRE TRÓPICOS – 46º05’: CUBA / BRASIL
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Espaço Livraria
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Abertura: 23 de janeiro de 2012, às 19h
Visitação: De 24 de janeiro a 26 de fevereiro de 2012
Horários: De terça a sábado, das 10h às 22h. Domingo, das 10h às 21h
Telefones: (21) 2544-4080 / 2544-7666
Entrada franca
Livre para todos os públicos
Acesso para pessoas com deficiência
Programação completa da CAXA Cultural www.caixa.gov.br/caixacultural

Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural

Fonte: Caixa