Início Plantão Rio Estado e Ambev inauguram Centro de Experiência Cervejeiro da Bohemia

Estado e Ambev inauguram Centro de Experiência Cervejeiro da Bohemia

O Governo do Estado em parceria com a Ambev inaugurou na sexta-feira (4/5), em Petrópolis, na Região Serrana, o novo centro de experiência da cervejaria Bohemia. Localizado nas instalações da primeira cervejaria do Brasil, na parte histórica da cidade imperial, o centro será aberto a visitantes a partir deste sábado (5/5), e de forma interativa apresentará a história da cerveja, além de curiosidades sobre a produção da bebida.

 

 

O complexo – que possui mais de sete mil metros quadrados e conta com 20 ambientes, que reunirão informações sobre o mundo da cerveja – custou R$ 65 milhões. A concretização do projeto contou com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços. Por meio de incentivo fiscal, do Fundo de Desenvolvimento do Estado (Fundes), o popularmente conhecido como Museu da Cerveja pôde ser construído e irá revitalizar a área. Turismo e economia serão ativados na região, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.

 

 

– O Estado tem um incentivo financeiro chamado Fundo do Desenvolvimento, que faz um diferimento do ICMS. Nós concedemos este empréstimo de R$ 22 milhões para a construção do centro. Este espaço é importante para Petrópolis, resgata a autoestima desta tão importante cidade brasileira. Além disso, gera empregos. Acredito que este centro de visitação será uma referência para o Brasil. Este museu tem uma importância econômica e simbólica – disse.

 

 

De acordo com o presidente da Ambev, João Castro Neves, o projeto vai enriquecer a vida cultural e social da cidade, sendo ainda um ponto de atração para turistas nacionais e internacionais. O complexo cervejeiro vai produzir a cerveja Bohemia e suas variantes, que serão degustadas pelos visitantes, que também conhecerão seus mestres cervejeiros.

 

 

– É um centro de entretenimento cervejeiro. Aqui nascia a primeira cervejaria do Brasil. Estamos muito felizes de estar trazendo de volta algo que pertencia à Petrópolis, ao Estado do Rio e ao Brasil – afirmou.

 

 

Para o vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Pezão, a iniciativa é importante. Pezão acredita que o centro será um dos mais visitados do Estado do Rio e do País.

 

 

– Este centro tem tudo a ver com Petrópolis, com a Região Serrana. Isto não é só um museu, é um centro de inteligência, de inovação da cerveja. É uma dádiva o Rio de Janeiro estar recebendo um investimento deste. Tenho certeza que vai virar um dos maiores centros de visitação do estado – disse.

 

 

Ao chegar à cervejaria, o visitante terá a oportunidade de conhecer a história da bebida desde o seu surgimento até a produção dos dias de hoje. Ao final do passeio, o visitante poderá frequentar o Boteco Bohemia.

 

 

Para a moradora de Petrópolis Andréa Wiston, de 37 anos, o projeto vai alavancar o turismo na área, que foi afetada pelas chuvas na Região Serrana.

 

 

– É maravilhoso. O turismo está precisando. Pretendo trazer a minha família ao museu – contou.

 

 

Também nascido na cidade, o jornalista Tiago Castello Branco, de 29 anos, acredita que o centro vai intensificar o turismo.

 

 

– Está muito bem localizado, perto do Palácio de Cristal e nas proximidades de onde é realizada a festa do colono alemão. Será muito bom. Adorei – afirmou.

 

Fonte: Governo do Rio