Início Plantão Rio Estado e Firjan levam cursos gratuitos aos moradores do alemão

Estado e Firjan levam cursos gratuitos aos moradores do alemão

Cursos gratuitos

 

Graças ao convênio do Governo do Estado com o Sistema Firjan, milhares de pessoas do Complexo do Alemão e vizinhança terão acesso a partir de agora a cursos gratuitos de educação básica e profissionalizantes na estação do teleférico do Itararé. O termo de cessão do espaço para o Projeto Sesi Cidadania foi assinado, na quarta-feira (4/4), pelo vice-governador e coordenador executivo de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, e o presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. O acordo conta ainda com a parceria da Fetranspor e apoio da SuperVia.

 

 

O vice-governador disse que o Governo do Estado, em parceria com o governo federal e a Prefeitura do Rio, nos últimos anos, vem dotando o Complexo do Alemão de obras de acessibilidade, moradias, saúde e saneamento, entre outras melhorias, mas considera a educação o fator fundamental para o desenvolvimento dessas comunidades.

 

 

– Nada é mais fundamental do que trazer a educação, a formação de excelência. E os cursos do Senai e do Sesi são extraordinários. Quem conclui esses cursos já sai empregado. É um grande presente para estas comunidades na semana da Páscoa e eu fico muito feliz – disse Pezão.

 

 

O projeto do Sesi Cidadania, lançado em agosto de 2010 especialmente para oferecer serviços gratuitos de educação, cultura, saúde, esporte e lazer do Sistema Firjan em comunidades pacificadas, abriu no pólo do Itararé inscrições para preencher 60 vagas do primeiro curso profissionalizante no local, o de auxiliar administrativo. Ao longo deste ano, porém, serão abertas 510 vagas em diversos cursos profissionalizantes e 600 para educação básica,  Educação para Jovens e Adultos (EJA) e Educação Continuada, segundo informações da diretora regional do Senai e superintendente do Sesi, Maria Lúcia Teles. O plano é aumentar o número de vagas no ano que vem para atender a demanda.

 

 

Serão cursos de atualização de Língua Portuguesa, informática básica, espanhol e inglês básicos, educação orçamentária, atualização em matemática, pré-Enem, educação complementar (reforço escolar), Ensino Fundamental (do 1º ao 9º ano) e Ensino Médio (EJA), camareira, porteiro, recepcionista, recreador, cuidador de idosos, entre outros.

 

 

O planejamento é feito de acordo com pesquisa realizada pelo Sistema Firjan, que aponta as principais carências de cada comunidade. Os alunos do espaço do Sesi Cidadania no Itararé poderão usar salas de aula, laboratórios e oficinas do núcleo de Vicente de Carvalho. Unidades móveis do Sesi e do Senai também darão apoio aos cursos.

 

 

Marcos França, de 55 anos, morador de Olaria, trabalhou a vida toda em várias atividades, entre elas no setor naval. Hoje desempregado, se inscreveu no curso de auxiliar administrativo para tentar uma vaga em um mercado de trabalho mais qualificado.

 

 

– A gente tem que estar se atualizando. Estou com a idade um pouco avançada e, para competir com os jovens hoje em dia, a gente tem de ter, além da experiência, o conhecimento. E é isso o que estou fazendo aqui, tentando expandir meus conhecimentos para conseguir um lugar ao sol – afirmou França.

 

Fonte: Governo do Rio