Início Destaque Foi inaugurado o posto de vacinação drive-thru localizado na Base Aérea do...

Foi inaugurado o posto de vacinação drive-thru localizado na Base Aérea do Galeão

O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, participaram, nesta quinta-feira (29/04), da inauguração do posto de vacinação contra a Covid-19 na Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador. O novo ponto, que terá atendimento no sistema drive-thru, é uma parceria entre o município, a Força Aérea Brasileira (FAB) e o Comando Conjunto Leste.

Confira o calendário de vacinação dos grupos prioritários

O posto vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, de 8h ao meio-dia. Nesta quinta, a vacinação foi voltada para os homens dos grupos prioritários, na faixa etária de 58 anos, e para profissionais de saúde, de 41 anos. O prefeito agradeceu às Forças Armadas pelas iniciativas em colaboração com o Plano Nacional de Imunização (PNI).

– Esse é um esforço daqueles que entendem que é um momento muito difícil e que é preciso a união de todos. O Rio vai muito bem nisso, agora avançamos para os grupos prioritários, Se Deus quiser, em breve a gente vai estar com todos os cariocas e brasileiros vacinados. Mais uma vez, o meu agradecimento às Forças Armadas. Para a gente é um orgulho estar aqui com vocês – disse o prefeito.

Comandante Militar do Leste, o general do Exército José Eduardo Pereira, elogiou o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde na capacitação dos militares para atuarem na vacinação. Ele ressaltou o esforço das Forças Armadas no trabalho de combate à pandemia.

– Inauguramos o sétimo posto que as Forças Armadas operam em parceria com a Secretaria de Saúde, aqui, do município. Prefeito, trabalhamos com muita alegria e satisfação para podermos vencer esta crise – afirmou o general José Eduardo Pereira, que também chefia o Comando Conjunto Leste.

A primeira pessoa atendida por comorbidade no posto drive-thru na Base Aérea do Galeão foi o militar da reserva Ubiratan da Costa Pinto, de 58 anos. Ansioso, ele já fez planos para assim que for vacinado pela segunda vez.

– É uma sensação muito boa e um privilégio ser o primeiro a tomar a vacina, aqui, na Força Aérea Brasileira. Depois da segunda dose, espero ficar mais feliz ainda e voltar ao normal. Quero viajar, fazer um cruzeiro, que é o que mais gosto na vida – disse o militar.

Nesta etapa da vacinação contra o coronavírus, em que são atendidas as pessoas dos grupos prioritários, a Secretaria Municipal de Saúde tem por objetivo aplicar 600 mil vacinas.