Início Plantão Rio Fornecimento de água estará estabelecido

Fornecimento de água estará estabelecido

A Nova Cedae restabeleceu às 24h desta quinta-feira (07/11), oito horas antes do prazo previsto, o fornecimento de água nos municípios do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense com a conclusão das manutenções preventivas na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu, a maior do mundo em volume de água tratada produzida, registrado no Guinness Book, o Livro dos Recordes. A companhia prevê que, até a tarde desta sexta-feira, 85% das áreas atendidas pelo sistema de abastecimento do Guandu já terão o fornecimento de água restabelecido.
 
Durante os serviços, iniciados às 8h de quinta-feira, foram analisados 500 itens e realizadas 15 intervenções em todo o sistema atendido pela ETA do Guandu. Os reservatórios e os canais de água filtrada da estação de tratamento foram recuperados e vedados pelos técnicos das equipes de manutenção. Diversas frentes de trabalho foram abertas para execução de vários serviços, entre eles, inspeções e limpezas das unidades de tratamento da ETA, vistoria e substituição de tubulações e bombas, revisão e substituição de válvulas e registros.
 
Segundo o presidente da Cedae, Wagner Victer, os serviços executados pelas equipes de manutenção foram essenciais para evitar qualquer problema futuro, que poderia evoluir com o tempo, causando prejuízos ao abastecimento de água na cidade do Rio e na Baixada Fluminense e uma paralisação ainda maior no abastecimento.
 
“Devido aos esforços das equipes da Cedae que agiram com muita eficiência e rapidez, conseguimos terminar os trabalhos no antes do prazo previsto e restabelecemos o abastecimento de água sem grandes prejuízos à população”, informou Victer.
 
Na maior parte das regiões atendidas, o abastecimento de água será normalizando gradativamente em até 24 horas após a conclusão dos trabalhos. Em locais considerados finais de linha e em regiões mais altas a normalização deve ocorrer em até 48 horas. Até lá, devem ser evitados desperdícios como lavar carros e calçadas, tomar banhos demorados e regar jardins e quintais, além de escovar os dentes ou fazer a barba com a torneira aberta. Foi montado um esquema especial para atender a hospitais, com carros-pipa, durante a paralisação.
 
Construída em 1955, a ETA Guandu teve suas obras concluídas em 1963 e atualmente é a responsável pelo abastecimento de 85% da cidade do Rio e 70% dos municípios da Baixada Fluminense. A estação é a maior do mundo em volume de água tratada e produz 45 mil litros de água por segundo, abastecendo cerca de nove milhões de habitantes
Fonte: Cedae