Início Plantão Mundo Fórum de Combate à Fome na América Latina

Fórum de Combate à Fome na América Latina

A Frente Parlamentar Contra a Fome, com o apoio da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), deu início nesta quinta-feira, dia 4, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, ao primeiro Fórum de Combate à Fome na América Latina e Caribe, debate organizado por frentes parlamentares que englobam mais de 10 países das Américas do Sul, Andina, Central e do Caribe.
 
Durante a abertura, o Ministério da Educação, representado pelo presidente do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Daniel Balaban, se ofereceu para exportar a outros países o modelo de programa alimentar escolar adotado no Brasil, e o deputado federal Nazareno Fonteles (PT-PI), presidente da Frente Parlamentar, afirmou buscar recursos para criar uma rede de Restaurantes Populares gratuitos em todo o País. As discussões continuam até o final da tarde.
 
“O modelo brasileiro é pioneiro porque une a qualidade na alimentação escolar e priorização da agricultura familiar para abastecer esse serviço. De um orçamento de R$ 3 bilhões, R$ 900 milhões, pelo menos, são compras feitas da agricultura familiar, por força de lei. Falamos “pelo menos” porque esses 30% são uma fatia mínima, pode ser maior”, afirmou Balaban. “Esse é um modelo que pode e deve ser exportado para a América Latina e todos os outros países em desenvolvimento no mundo. O Brasil pode compartilhar essa experiência”, enfatizou.
 
Já Fonteles, um dos anfitriões do evento ao lado do deputado estadual Simão Pedro (PT-SP), diz que busca condições para que o governo federal faça com que a rede de Restaurantes Populares no País passe a servir refeições gratuitamente. “É um sonho que só pode ser realizado quando acabarmos com aquele pensamento de que programas como o Bolsa Família e outros de distribuição de renda são ‘esmola’. A liberdade só poderá vir quando não houver mais aqueles que exploram a fome”, afirmou.
 
Estatísticas da FAO apontam que 1 em cada 6 habitantes do planeta não come ou não bebe água todos os dias. “É preocupante, pois a meta de reduzir pela metade a fome no mundo até 2015, um dos objetivos do milênio observados pela ONU, corre o risco de não poder ser cumprido se continuarmos com os baixos investimentos que temos feito no combate à fome”, observa Elsa Rojas, representante da Confederação de Parlamentos das Américas.

Mais informações  para a imprensa
Mais informações sobre o evento podem ser obtidas com Priscila Pagliuso por meio do e-mail [email protected] ou pelos telefones (11) 3066-7700/ (11) 9957-9209
 
A programação detalhada do Fórum
Dia 04/03
 
08.15 Acreditação de parlamentares
09.00 Abertura: Saudação de boas vindas
09.45 Apresentação: Cúpula Mundial de Alimentação 2009
Apresentação: Antecedentes e projeção da Frente Parlamentar Contra a Fome
10.45 Pausa café
11.00 Palavras por país
12.45 Pausa Café
12.55 Palavras por país (continuação)
14.00 Almoço
15.30 Plenária: funcionamento do FPH – linhas prioritárias 2010
17.00 Fechamento documento de acordo
 
Dia 05/03
08.15 Acreditação dos participantes
09.00 Cerimônia de Abertura
10.00 Eixos temáticos:
 
I. Direito à Alimentação: Elementos chaves para um marco legal
Moderador  
Alexander Mora                                Parlatino – Costa Rica       
Participantes
Cecilia Luna                                      FAO
Amerigo Incalcaterra                         Oficina del Alto Comisionado de las Naciones Unidas para los Derechos Humanos (OACNUDH)
Renato Maluf                                     Conselho Nacional Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA)
Jaime Abril                                        Assembléia do Equador – PAÍS
 
 
II. Programas de Segurança Alimentar e compras da agricultura familiar
Moderador
Carlos Cardoso                                Parlatino – Uruguai
 
Participantes
Nazareno Fonteles                              Representante da Frente Parlamentar Contra a Fome no Brasil, deputado federal pelo PT-PI
Patrús Ananias                                  Ministro da Saúde
Jaime Vallaure                                    Diretor adjunto do Programa Mundial de Alimentos (PMA) para a América Central
 
12.00 Pausa café
12.30 Eixos temáticos:
 
III. Estratégias de combate a FOME: participação cidadã
Moderador
Adriana González                             Senado – México
 
Participantes
Valeria Burity                                     Abrandh (Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos Humanos)
Fernando Rosero                                CAFOLIS (Centro Andino para La Formación de Líderes Sociales) – Equador
Simão Pedro                                       Representante da Frente Parlamentar Contra a Fome no Brasil, deputado estadual pelo PT-SP
 
IV. Cooperação Sul-Sul: O que os parlamentares podem fazer?
Moderador
Rubén Vélez                                     Parlamento Andino – Equador
 
Participantes
Santiago Izquierdo                              UNASUR (Unión de Naciones Suramericanas)
Juan Carlos García                              IALCSH (Iniciativa América Latina e Caribe Sin Hambre)
Xanthis Suárez                                  Parlacen (Parlamento Centro Americano)
 
14.30 Almoço
15.30 Plenária geral
17.00 Declaração do Fórum
17.30 Coquetel

Fonte: Assessoria