Início Plantão Rio Governo e Metrô iniciam obras da estação Uruguai

Governo e Metrô iniciam obras da estação Uruguai

O secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, e o presidente do Metrô Rio, José Gustavo de Souza Costa, anunciaram, nesta quarta-feira (19/01), o início das obras da estação Uruguai, na esquina das ruas Itacuruçá e Conde de Bonfim, na Tijuca. A 36ª estação do sistema será construída a 1,100 metros de Saens Peña e será a primeira a ter ar condicionado. A expectativa é que as obras durem de 24 a 30 meses e que cerca de 20 mil pessoas utilizem a estação inicialmente.

– Além de facilitar a mobilidade da população local, a estação será vital para diminuir os congestionamentos no entorno da Praça Saens Peña. Com a transferência dos terminais de ônibus de integração para as proximidades da Rua Uruguai, o fluxo viário da Conde de Bonfim será enormemente beneficiado, contribuindo para a qualidade de vida dos moradores da Grande Tijuca. A nova estação também traz uma grande inovação: além do ar condicionado central, as plataformas de Uruguai serão equipadas com um sistema adicional de proteção. Serão instaladas portas de plataforma, que só serão abertas com a liberação simultânea das portas dos trens – explica o secretário Julio Lopes.

A concessionária Metrô Rio está investindo R$ 220 milhões na construção da nova estação, que será erguida em uma área de 7 mil metros quadrados já escavada sob a rua Conde de Bonfim, entre as ruas Itacuruçá, Dona Delfina e José Higino, onde fica o Rabicho da Tijuca. A estação Uruguai contará com cinco acessos, localizados onde hoje estão as rampas de acesso do antigo estacionamento: três no cruzamento da rua Conde de Bonfim com as ruas Delfina e Itacuruçá e dois nas calçadas laterais da Conde de Bonfim, próximo à rua José Higino.

A nova parada do metrô terá dois níveis, com bilheterias e sala de supervisão de segurança no andar superior e uma plataforma central de embarque e desembarque no nível inferior. A estação terá 390 metros de comprimento e sete de largura.

Investimento total de R$ 1,15 bilhão
A nova estação faz parte de um pacote de investimentos de R$ 1.15 bilhão da concessionária, assumido com o atual governo do estado em dezembro de 2007. A empresa já construiu a Conexão Pavuna-Botafogo e a Estação Cidade Nova, modernizou o Centro de Controle de Tráfego do metrô e comprou 19 novos trens, que começam a chegar no final de 2011, com sistema de ar-condicionado 33% mais potente. A concessionária está ainda ampliando e modernizando os sistemas de sinalização, ventilação e energia do metrô carioca. Todas essas medidas vão permitir duplicar a oferta de lugares do metrô carioca para mais de 1,1 milhão de lugares por dia.

 

Fonte: Secretaria de Transportes