Início Plantão Rio Green Nation Fest promove seminário internacional para debater práticas sustentáveis

Green Nation Fest promove seminário internacional para debater práticas sustentáveis

A ampla programação do Green Nation Fest, festival ambiental que vai antecipa as discussões da Rio+20, conta com um espaço reservado ao debate sobre práticas sustentáveis. O seminário “Economia verde e criativa” se estenderá de 5 a 7 de junho, das 10h às 18h, no Auditório do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, com entrada gratuita. Personalidades nacionais e internacionais do mundo acadêmico, cultural e corporativo participarão das discussões sobre as principais iniciativas e soluções. Arquitetura, moda, alimentação, novas tecnologias integram a seleção de temas abordados.

 

 

O primeiro dia do evento, terça (5), contará com as apresentações dos cineastas Josh Fox, diretor de “Gasland”, premiado no Festival de Sundance 2010, e de Amy Miller, que lançará seu filme “The carbon rush”; do economista e ecologista Sérgio Besserman e de Alberto Levy, diretor-geral de Levytation, empresa líder em criatividade tecnológica, e ainda um debate sobre as questões da contaminação de água. 

 

Já na quarta (6) será a vez de o arquiteto canadense Emmanuel Belliveau e de Bernardo Baranda, diretor regional para América Latina do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), falarem de seus trabalhos. No mesmo dia, a “Arquitetura e urbanismo sustentável” e o “Design sustentável e o meio ambiente” estarão em debate.

 

No último dia, quinta (7), a conversa vai girar em torno dos tópicos “Iluminação sustentável”, “Moda sustentável”, “Tecnologias alternativas a serviço do meio ambiente”, além de apresentações de Carmen Correia, presidente da Chef Network Inc. e Fred Gelli, cofundador e diretor de criação da Tátil, uma consultoria de estratégia, construção e gestão de marcas que usa o design e o branding para criar conexões sustentáveis entre pessoas e marcas.

 

Os seminários são apenas uma parte da extensa programação do Green Nation Fest. O evento gratuito, que acontece de 31 de maio a 7 de junho, terá inúmeras atrações na estrutura montada na Quinta da Boa Vista, onde os visitantes poderão conferir uma Feira Interativa e Sensorial, Mostra de Curtas, oficinas, além de uma Mostra de Longas, que acontecerá de 31 de maio a 6 de junho, no Cinemark Downtown entre outras.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DOS SEMINÁRIOS

5 de junho (terça-feira)
11h30 – Apresentação de Amy Miller
Amy Miller é cineasta e, recentemente, finalizou a direção e produção do documentário “The carbon rush”, que terá première mundial durante o Green Nation Fest. O trabalho é focado no desenvolvimento de documentários que buscam mudanças na sociedade e dão apoio a campanhas por justiça. Em sua apresentação, Amy terá um conversa com o público sobre movimentos sociais que podem alcançar mudanças transformativas, seja você um cineasta ou tenha outra profissão. Ela utilizará seus documentários como ferramenta para a educação da população e ajuda para a análise crítica.

 

14h – SOS Contaminação da Água 
Joseph Levine, presidente do NYH2O, grupo sem fins lucrativos baseado em NY dedicado a proteger os recursos de água de NY das ameaças geradas pela indústria de extração de gás; Kevin Bone, professor de arquitetura na Cooper Union e Alexandra Akira, diretora na Cushman and Wakefield e Citizens For Water Foundation se reúnem para discutir o tema

 

15h30 – Apresentação de Sérgio Besserman Vianna
Sérgio Besserman Vianna fará apresentação sobre a Conferência Rio+20 e a caminhada em direção ao desenvolvimento sustentável. Besserman é economista e ecologista carioca, presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura do Rio de Janeiro e professor do departamento de economia da PUC-Rio. 

 

16h30 – Apresentação com Alberto Levy (Levytation)
Alberto Levy é engenheiro em computação, formado na PUC e mestre em Telecomunicações Interativas pela Universidade de Nova York. Levy é diretor-geral de Levytation, empresa líder em Criatividade Tecnológica com sede no México e escritórios em San Diego e Miami. Em sua apresentação contará por meio de muitos exemplos a introdução da criatividade tecnológica em projetos públicos. Pintura interativa, (que não usa tinta), bicicletas geradoras de energia, aulas de spinning que ajudam a pagar a conta da academia, mobiliário urbano cinético que carga celulares e laptops, grafite por laser e muitas outras.

 

17h – Apresentação com Josh Fox
Diretor do documentário “Gasland”, indicado ao Oscar 2011 e vencedor do Sundance 2010, vai falar sobre comunidades americanas afetadas por vazamento de gás em fraturas hidráulicas.

 

6 de junho (quarta-feira)
10h – Arquitetura e Urbanismo Sustentável
Debate sobre o tema realizado por Joerg Spangenberg, arquiteto-engenheiro, PhD pela Universidade Bauhaus/Alemanha, com orientação em São Paulo/Brasil pela FAU-USP, premiado com duas menções honrosas e bolsa de estudo pela Holcim Foundation for Sustainable Construction; Blaine Brownell, arquiteto, autor e educador, dona da empresa “Transtudio”, especializada em construções ecologicamente corretas; o arquiteto Siegbert Zanettini; Sérgio Conde Caldas, arquiteto e Urbanista pela USU em 1999, foi o mais jovem arquiteto a ser premiado como arquiteto do ano pela ADEMI-RJ e Maria Fernanda R. Campos Lemos, arquiteta urbanista, doutora em urbanismo pelo Prourb/UFRJ e professora de urbanismo da PUC-Rio.

 

12h – Apresentação de Emmanuel Belliveau
Apresentador, designer para celebridades e projeta construções sustentáveis. Em seu programa “Casas ecológicas”, da Discovery Networks, passou um ano viajando o mundo em busca das construções mais belas e sustentáveis. Já trabalhou em outros programas de TV, com destaque para sua viagem ao Golfo do México, onde cobriu o vazamento de óleo.

 

14h30 – Apresentação de Bernardo Baranda
Diretor regional para América Latina do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP). Bernardo Baranda vai falar sobre os oito princípios da mobilidade urbana sustentável do ITDP, para criar cidades mais sustentáveis que produzam menos emissões de carbono, e forneçam uma alta qualidade da vida para seus habitantes.

 

16h – Design Sustentável e o Meio Ambiente
O debate terá a participação do professor Aguinaldo dos Santos, o arquiteto Paulo Alves, o designer de móveis Aristeu Pires, a artista plástica e designer Heloisa Crocco e Walkiria Barbosa, diretora-executiva da Total Entertainment e do Festival do Rio.

 

7 de junho (quinta-feira)
10h – Iluminação Sustentável
O tema será debatido por Marcos Santos, engenheiro eletricista e gerente de marketing da linha profissional de LEDs da Osram; Guinter Parschalk, arquiteto com pós-graduação em desenho industrial na Áustria, onde recebeu a primeira bolsa de estudo daquele país para brasileiros; pelo projeto de embalagens recicláveis e no aumento do seu ciclo de vida e que atua nas áreas de design de produto, iluminação e percepção visual desde 1984; Ricardo Cabús, engenheiro civil, PhD em arquitetura, mestre em engenharia civil e especialista em Computação. Cabús é professor da Ufal desde 1987 e lidera o Grupo de Pesquisa em Iluminação (Grilu) e Leila Lemgruber Queiroz, doutora em design pela PUC-Rio, com MBE em Economia e Gestão da Sustentabilidade (UFRJ) e sócia-diretora da empresa Utopos: Inovação e Sustentabilidade em Design.

 

12h – Moda Sustentável
As estilistas americana Elizabeth Olsen e alemã Anke Domaske, que são responsáveis por criações fashion sustentáveis, a primeira criou sapatos a partir de material de televisores reciclados e a segunda desenvolveu roupas a partir da fibra do leite, se juntam a Oskar Metsavaht, criador da Osklen, e Robert Guimarães, presidente do Inbracultmode – Instituto Brasileiro de Cultura, Moda e Design; criador e responsável Babilônia Feira Hype, para falar de alternativas verdes no meio da moda.

 

14h – Apresentação com Carmen Correia
Carmen Correia, presidente da Chef Network Inc, a agência número um para chefes e especialistas em alimentação da América do Norte, vai falar sobre alternativas para uma alimentação saudável.

 

15h15 – Apresentação com Fred Gelli
Formado em comunicação visual e desenho industrial pela PUC/RJ, Fred Gelli é cofundador e diretor de criação da Tátil, uma consultoria de estratégia, construção e gestão de marcas que usa o design e o branding para criar conexões sustentáveis entre pessoas e marcas. O tema de sua apresentação será “Biomimétrica: A natureza como fonte de inspiração para inovar”.

 

16h30 – Tecnologias Alternativas a Serviço do Meio Ambiente
Participam do debate Brian Korgel, professor da Universidade do Texas, que com seu grupo de pesquisa, vem desenvolvendo uma tinta que pode ser aplicada para fazer células solares; Carmen Trudell, cofundadora junto com Jennifer Broutin da Fluxxlab, um laboratório experimental de design baseado em pesquisas, que já desenvolveu uma porta giratória que gera energia elétrica; Yuichi Tokita, gerente sênior da Sony Corporations, que desenvolveu uma Bateria Sustentável que se utiliza de resíduos de papel para gerar energia; Alessandra Magrini, professora associada do Programa de Planejamento Energético/Coppe-UFRJ e Rodrigo Rosa, gerente do Programa de Desenvolvimento Sustentável, desde janeiro de 2009, e Coordenador-Executivo do Grupo de Trabalho para a Rio+20.

 

SERVIÇO
Seminários Internacionais sobre “Economia verde e criativa”
Entrada gratuita
Local: Auditório do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista
Data: 5, 6 e 7 de junho
Horário: 10h às 17h
Mais informações: www.greennation.com.br

 

FOTO :   RPM Comunicação

 

RPM Comunicação