Início Plantão Rio Greve dos rodoviários na região metropolitana do Rio continua

Greve dos rodoviários na região metropolitana do Rio continua

A greve dos rodoviários na região metropolitana do Rio completa cinco dias nesta segunda-feira, dia 2. A paralisação, que começou na última quinta-feira, dia 29 de março, já deixou mais de 1 milhão de passageiros a pé em Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí e Tanguá. No fim de semana, poucos ônibus circularam pelas ruas dos cinco municípios fluminenses.

 

 

Os grevistas e o Setrerj (Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro) ainda não entraram em um acordo.

 

 

Os rodoviários pedem aumento salarial de 16%, o fim da dupla função, reajuste de 50% no valor da cesta básica e o fim da função de motorista júnior. Já as empresas de ônibus oferecem 10% de aumento e 25% de reajuste da cesta básica.

 

 

Na tarde desta segunda-feira, os rodoviários e as empresas de ônibus vão se reunir em uma nova audiência de conciliação na sede do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), no centro do Rio.

 

 

Os rodoviários da Baixada Fluminense também se encontrarão com os representantes da TransÔnibus (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Nova Iguaçu) no TRT nesta segunda-feira.

 

 

Na sexta-feira (30), os grevistas resolveram suspender a paralisação no fim de semana.

 

 

Sem ônibus nas ruas, os moradores de oito municípios (Nova Iguaçu, Nilópolis, São João de Meriti, Belford Roxo, Mesquita, Seropédica, Itaguaí e Paracambi) levaram até três horas para chegar ao trabalho na sexta-feira.

 

Fonte: Rede Record