Início Plantão Rio Homicídio doloso registra o menor índice no estado em 21 anos

Homicídio doloso registra o menor índice no estado em 21 anos

 

 

O Estado do Rio de Janeiro registrou queda recorde no número de homicídios dolosos entre os meses de janeiro e abril de 2012. Dados avaliados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) registraram 1.436 vítimas, uma redução de 8,9% em comparação às 1.577 identificadas no mesmo quadrimestre de 2011.

 

Esse é o menor índice da série histórica, criada em 1991, e o melhor resultado de todos os meses de abril desde 2000. Outros indicadores estratégicos da Secretaria de Segurança também apresentaram redução: letalidade violenta, 11,8%; e roubo de rua, 13,8%.

 

Composto pelos índices de homicídio doloso, latrocínio, auto de resistência e lesão corporal seguida de morte, o indicador de letalidade violenta apresentou 1.644 vítimas entre nos meses de janeiro a abril de 2012 contra 1.864 no mesmo período do ano passado. O acumulado do ano também foi o menor desde 2000, que registrou 2.372 casos.

 

Roubo de rua – composto por roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo – registrou queda em todos os seus títulos. Em relação aos mesmos meses de 2011, houve redução de 3.282 ocorrências. Ao todo, 20.587 registros foram feitos este ano, contra 23.869 no período anterior.

 

– Essa redução pode ser associada ao trabalho integrado entre as polícias. A Polícia Civil implementa suas investigações e efetua prisões, oferecendo informações para que a Polícia Militar realize as operações.

 

Embora as Unidades de Polícia Pacificadora não tenham esse objetivo primordial, o trabalho também está surtindo efeito – afirmou o coronel Alexandre de Souza, da Subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional.

 

Confira os novos indicadores

Homicídio Doloso – Redução de 8,9% (1.577 em 2011 – 1.436 em 2012)
Latrocínio – Não é considerado cálculo percentual, devido ao pequeno
número de casos (31 em 2011 – 48 em 2012)
Auto de Resistência – Redução de 35,6% (236 em 2011 – 152 em 2012)
Roubo de Celular – Redução de 25,4% (2.031 em 2011 – 1.515 em 2012)
Roubo a Transeunte – Redução de 10,9% (19.415 em 2011 – 17.300 em 2012)
Roubo em Coletivo – Redução de 26,9% (2.423 em 2011 – 1.772 em 2012)
Extorsão – Redução de 2,1% (579 em 2011 – 567 em 2012)
Saidinha de Banco – Redução de 8,9% (663 em 2011 – 604 em 2012)
Roubo a Residência – Aumento de 16% (407 em 2011 – 472 em 2012)
Roubo de Carga – Aumento de 28,4% (930 em 2011 – 1.194 em 2012)
Estelionato – Aumento de 17,4% (8.532 em 2011 – 10.020 em 2012)

 

 

Fonte: Governo do Rio