Início Plantão Rio Imagem do Rio é cada vez melhor no mundo

Imagem do Rio é cada vez melhor no mundo

A imagem do Brasil é cada vez melhor no mundo. É o que revela uma pesquisa do Serviço Mundial da BBC, de Londres, feita em 27 países, entre dezembro de 2010 e fevereiro de 2011, com 28.619 pessoas, que opinaram sobre a influência de 16 países e da União Européia. E, no embalo desta popularidade crescente do país, o Rio de Janeiro é o estado brasileiro que mais contribui para a visão positiva das nações em relação ao Brasil.
A consulta mostra que as opiniões positivas sobre a influência do Brasil no mundo, que eram de 40%, aumentaram em média 9% nas nações pesquisadas, enquanto as negativas caíram três pontos percentuais e agora está em 20%.
Somente na Alemanha, as opiniões negativas sobre o Brasil são superiores às positivas (32% a 31%). Houve aumento desta visão negativa também na China (29 pontos percentuais) e Grã-Bretanha (13 pontos), mas em ambos os países a visão positiva ainda é superior, respectivamente 45% contra 41% e 47% contra 33%.
Mas, em contrapartida, houve considerável aumento da popularidade brasileira em outras nações, como na Turquia (29 pontos percentuais, chegando a 48% do total), Nigéria (22 pontos, chegando a 60%), Egito (19 pontos, chegando a 37%), Austrália (18 pontos, chegando a 50%), Estados Unidos (18 pontos, chegando a 60%), Coréia do Sul (17 pontos, chegando a 68%), Canadá (15 pontos, chegando a 53%) e Indonésia (8 pontos, chegando a 50%).
Na Europa, as maiores aprovações ocorreram em Portugal (76%) e na Itália (55%). Entre os países latino-americanos pesquisados, a aprovação à influência do Brasil chegou a 65% no México, 63% no Peru e 70% no Chile, ainda que neste país a opinião positiva tenha caído sete pontos, e a negativa, aumentado seis.
O levantamento foi coordenado pelo instituto de pesquisas GlobeScan e pelo Programa de Atitudes em Política Internacional (Pipa, na sigla em inglês) da Universidade de Maryland (Estados Unidos).
Investimentos do governo foram decisivos
Inserido com destaque neste cenário, o Rio de Janeiro igualmente recupera diante do mundo a imagem mais positiva do país e consolida a posição de porta de entrada dos turistas internacionais. Contribuíram para esta melhoria a recuperação econômica do Estado nos últimos anos, com a instalação e/ ou ampliação de grandes empresas e os investimentos públicos e privados em larga escala na infraestrutura e urbanização.
– Desde que assumimos o Governo do Estado, em 2007, fizemos da boa gestão e das parcerias com o governo federal instrumentos fundamentais para recuperar instituições e a capacidade econômica do estado. Com isso, foi possível atrair novos investimentos e conquistar grandes eventos, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. Cada vez mais o Rio se projeta como um grande centro da indústria do entretenimento e turismo. Os olhos do mundo estão voltados para nós e uma prova disso é o aumento do número de turistas, motivados pelo nosso grande momento e encorajados pela nossa política de segurança – afirmou o governador Sérgio Cabral.
A política de pacificação empreendida pelo Governo do Estado desde 2007 foi decisiva para a dinamização econômica. A retomada de territórios dominados por grupos criminosos espalhou no Rio uma sensação de segurança há muito tempo perdida.
– A bem-sucedida experiência das UPPs, que já estão presentes em 44 comunidades, libertou milhares de pessoas do jugo do crime organizado – completou o governador.
Cristo é uma das sete maravilhas modernas
A escolha do Cristo Redentor como uma das sete maravilhas modernas do mundo, em 7 de julho de 2007, foi o primeiro sinal dos novos tempos na Cidade Maravilhosa. O concurso, promovido por uma fundação suíça, recebeu cerca de 100 milhões de votos através da internet e de mensagens telefônicas. A estátua de 38 metros de altura, feita pelo engenheiro Heitor Silva Costa, com colaboração do escultor francês Paul Landowski, e implantada no alto do Corcovado há 70 anos, foi escolhida juntamente com a Muralha da China, o monumento de Petra, na Jordânia, a cidade inca de Machu Picchu, no Peru, a pirâmide de Chichén Itzá, no México, o Coliseu de Roma e o Taj Mahal, na Índia.
As maravilhas da Antiguidade são o templo de Ártemis, os jardins suspensos da Babilônia, o mausoléu de Halicarnasso, o colosso de Rodes, o farol de Alexandria, a estátua de Zeus e a grande pirâmide do Egito, sendo que somente esta última existe até hoje.
Rio: melhor cidade do mundo em 2011
Depois de ser escolhido em novembro de 2009 o melhor destino gay do mundo pelo Logo, um canal da MTV destinado ao público homossexual, através do siteTripOutGayTravel.com, o Rio ganhou da revista inglesa Wallpaper, no final do ano passado, o título de melhor cidade do mundo em 2011, à frente de Chicago, Johanesburgo, Oslo e Hong Kong, as outras finalistas. A revista é referência em todo o planeta em design e estilo de vida.
A revista concede ao vencedor um dos mais celebrados prêmios de design do mundo, o Wallpaper Awards Architecture. Foram avaliados os critérios de moda, belezas arquitetônicas e naturais, além da simpatia dos moradores. O júri destacou, ainda, a pacificação das comunidades, ao lado dos projetos para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, como ponto positivo para eleger o Rio.

Fonte: Governo do Rio