Início Plantão Barra Inauguração da 1ª CIA da PM poderá ser adiada

Inauguração da 1ª CIA da PM poderá ser adiada

Na reunião do 31º CCS realizada no dia 8 de março, o presidente Castrinho mais uma vez lembrou da campanha civica de colocar bandeiras do Brasil nos condomínios da região e criticou severamente diversos políticos: “Vou cobrar tudo que temos direito, já temos 1 ano de prefeitura e houve tempo para se organizarem. Infelizmente, diversos políticos estão já pensando nas eleições  e eu acho que não merecem ser votados. Mal foram eleitos para vereadores e já começam a pensar em concorer para deputado. É impressionante como falta ética na politica. Votar bem é segurança também” lembrou.

Castrinho lembrou do quadro caótico do Hospital Lourenço Jorge sem médicos ou esquipamentos : “O nosso Haiti é aqui. Tem macas no chão, não tem aparelhos, não tem médicos. Além disso, estão assaltando o local após as 17 horas. Dia 15 temos uma reunião com o Secretario Municipal de Saúde para estudar as saídas para o hospital”.

O delegado da 16ª Raphael Willis explicou aos presentes como funciona o Dedic e lembrou que o serviço não funciona para latrocinio, homicidio ou roubo de carro e ressaltou a mudança de scala: “Mudamos o plantão que era 24x 72, sendo 85% no plantão e 15% no expediente. Agora teremos 15% no plantão e o resto no expediente, aumentando a investigação”.

O Delegado disse que luta pelo IML ao lado da Delegacia e Wilson Tadeu lembrou que pode ser usado ao lado do 31º BPM.

A segurança estratégica da região será aumentada com a criação de três companhias descentralizando o atendimento da PM na região da Barra e o Coronel Lourinho do 31º BPM adiantou que a 1ª CIA- localizada na Aryton Senna- será inaugurada sexta-feira dia 12 de março, que a 2ª CIA no Terreirão já começou a ser montada em parceria com a Record Rio e a 3ª CIA será no Itanhangá.

Vale ressaltar que o prédio onde ficará a 1ª CIA foi reformado com o apoio da empresa Carvalho Hosken e que devido a troca de comandante (sai Lourinho e entra o tenente Antonio Couto), a inauguração dessa 1º CIA poderá ser adiada.

Quanto aos números, Lourinho apresentou o quadro de janeiro e fevereiro com 140 roubos a transeunte, 14 roubos de veículo , 33 roubo em coletivo, 6 roubos a residência e 4 homicidio dolosos.

 

Fonte: Redação AIB