Início Plantão Rio Iniciada revitalização da Avenida Princesa Isabel

Iniciada revitalização da Avenida Princesa Isabel

A Prefeitura do Rio iniciou nesta quinta-feira, dia 13 de maio, data em que se comemoram os 122 anos da assinatura da Lei Áurea, a revitalização da Avenida Princesa Isabel, em Copacabana. A iniciativa é uma parceria do Município com a rede de hotéis Windsor que, durante um ano, vai colaborar com a conservação e manutenção da via, que liga a Praia de Copacabana à Enseada de Botafogo. 

O projeto de revitalização prevê a limpeza e recuperação do canteiro central da avenida, incluindo o mobiliário urbano, mármores, chafarizes, estátuas e ciclovia, e retirada das pichações. Para a solenidade de início do projeto, foram hasteadas as bandeiras históricas do Brasil nos 13 mastros localizados na Avenida Princesa Isabel, que fazem parte do projeto original de reforma do local. Cada mastro receberá em sua base placas explicativas sobre as bandeiras, visando atrair turistas àquele trecho da via. O evento contou com a presença do prefeito Eduardo Paes, do secretário Especial de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, da presidente da Comlurb, Angela Fonti, e do trineto da Princesa Isabel, Dom Eudes de Orleans e Bragança. 

A primeira etapa da limpeza dos locais pichados será realizada até amanhã. Também como parte do projeto de revitalização está a intensificação da atuação de fiscais da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal. 

– Esse é o novo momento da conservação da cidade do Rio de Janeiro. É a demonstração de cuidado, carinho e zelo que a Prefeitura está tendo com a população carioca – afirmou Eduardo Paes. 

De acordo com o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, essa revitalização vai resgatar um momento histórico brasileiro. 

– Essa iniciativa é uma sequência do trabalho de revitalização completa que a Prefeitura está fazendo nos túneis do Pasmado e Novo. A Prefeitura vai fazer a sua parte, que é manter o tecido urbano, consertando as calçadas, continuando com a campanha antipichação e entrando com o controle urbano, combatendo rotineiramente a ilegalidade e a população de rua. Queremos recuperar e manter os espaços para que a cidade permaneça cuidada e conservada e possamos devolver os locais de convivência e lazer dos cariocas – explicou o secretário. 

Segundo o trineto da Princesa Isabel, Dom Eudes de Orleans e Bragança, o povo precisa resgatar um pouco a história do país, bem como a da cidade. 

– A população carioca conhece pouco a história da cidade e dos seus personagens. E durante muito tempo todos os monumentos ficaram muito abandonados. Por isso é tão importante resgatar essa memória, revitalizando esses espaços que estão espalhados pela cidade e que trazem um pouco da história do país e da cidade – ressaltou.

Fonte: Prefeitura do Rio