Início JMJ JMJ: MetrôRio começa a venda de cartões especiais para a Acolhida e...

JMJ: MetrôRio começa a venda de cartões especiais para a Acolhida e a Via Sacra

O MetrôRio inicia, nesta segunda-feira (08/07), a venda de cartões especiais para os dois eventos da Jornada Mundial da Juventude que contarão com a presença do Papa Francisco: a Acolhida e a Via Sacra, que ocorrerão, respectivamente, no dias 25 e 26/07 na Praia de Copacabana. O objetivo é propiciar um deslocamento mais eficiente e tranquilo para os fieis. A venda acontecerá diariamente, até 17/07, entre 9h e 21h, nas bilheterias das estações Pavuna, Del Castilho, Maracanã, Saens Peña, Praça Onze, Central, Carioca, Glória, Flamengo, Botafogo e Siqueira Campos. Entre os dias 18 e 24/07, o cartão será comercializado somente nas estações Pavuna, Maracanã, Praça Onze, Central, Carioca e Glória.

 

Para a operação, que acontecerá, nos dois dias, entre 12h e 5h, serão disponibilizados 231,9 mil cartões a cada dia, sendo 171,2 mil cartões de ida e volta, 29,3 mil de ida e 31,4 mil de volta. Para a viagem de ida, os usuários terão à sua escolha sete faixas de horário (entre 12h e 19h) e deverão comprar o cartão correspondente a que deseja viajar. A volta acontecerá sem horário marcado, entre 19h e 5h, mas também será com cartão pré-adquirido. A Concessionária recomenda que a compra seja feita o quanto antes, para que o usuário possa planejar melhor o embarque no horário preferido.

 

Os cartões serão comercializados pelo preço da tarifa do MetrôRio: R$ 3,20 para os cartões de ida ou de volta e R$ 6,40 para os cartões de ida e volta. Cada cliente tem o limite de compra de até 10 cartões. Durante a Operação Especial da Jornada Mundial da Juventude, não será aceito nenhum outro tipo de cartão.

 

Os passageiros com direito a gratuidade (pessoas com deficiência e maiores de 65 anos), terão, à sua disposição, 13 mil bilhetes especiais. Serão 7 mil para a ida (divididos pelas faixas de horário) e 6 mil para as viagens de volta. O passageiro deverá comparecer a uma das bilheterias especiais e comprovar que faz jus ao direito.

 

Governo do Estado