Início Cultura Leitura Dramatizada de “Antígona” no Sated RJ

Leitura Dramatizada de “Antígona” no Sated RJ

Na sexta-feira, dia 15 de dezembro, o Espaço Teatral do SATED RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro), recebeu a leitura dramatizada de “Antígona” que emocionou o público presente.

O espetáculo proporcionou uma experiência intensa e cativante aos espectadores, destacando-se pela atuação de Vanessa Fontana como a protagonista e a interpretação de Castelo Branco no papel de Creonte.

Durante toda a apresentação, a energia pulsante dos atores contagiava a plateia, levando todos a vivenciarem as emoções vívidas dos personagens. Vanessa Fontana, com sua interpretação impecável, transmitiu toda a força e dor da protagonista Antígona, tocando os corações dos espectadores e envolvendo-os em sua jornada trágica. Ao lado dela, Castelo Branco trouxe à vida a complexidade de Creonte, com sua atuação poderosa e impactante.

Com a direção de Renata Fabris, que trouxe uma abordagem visceral e emocional para a história de “Antígona”. A direção cuidadosa de Fabris permitiu que cada cena fosse intensamente sentida pelo público, destacando-se pela criação de momentos de grande impacto emocional, bem como pela fluidez e dinamismo das transições.

Um elemento inovador presente nessa leitura dramatizada foi o trabalho psico hipnótico realizado com o elenco, sob a orientação de Vanessa Fontana. Essa abordagem única potencializou a conexão emocional dos atores com seus personagens, permitindo que cada interpretação fosse visceral e autêntica, levando o público a uma imersão profunda na trama da peça.

A reação emocional da plateia evidenciou o poder do espetáculo. Por meio de seus aplausos e expressões de admiração, o público demonstrou claramente como a leitura dramatizada de “Antígona” foi capaz de tocar profundamente suas almas, despertando reflexões e emoções intensas.

A leitura dramatizada de “Antígona” foi mais do que um simples espetáculo teatral. Foi uma experiência que emocionou e encantou o público, graças à interpretação magnífica de Vanessa Fontana como Antígona e a poderosa atuação de Castelo Branco como Creonte, Dione Prado como Ismênia e grande elenco.

A Diretora Renata Fabris marcou o espetáculo pela inovação do trabalho psico hipnótico, elevando-o a um nível ainda mais impressionante. Aqueles que tiveram a oportunidade de assistir a essa leitura dramatizada certamente levarão consigo memórias intensas e duradouras dessa experiência teatral única.

FOTOS ROGÉRI FIDALGO