Início Plantão Barra Ligação clandestina em mansão na Barra

Ligação clandestina em mansão na Barra

Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da Assessoria de Segurança Empresarial da Nova Cedae identificaram ligação clandestina em uma casa dupléx no Condomínio San Diego, na Avenida das Américas, 8.888, na Barra da Tijuca. O gato abastecia inteiramente a residência, que tem piscina, cisterna de 10 mil litros e caixa d´água de dois mil litros.

A ligação clandestina de ¾ de polegada de diâmetro passava por fora do hidrômetro. Na operação Gato Chique, a equipe constatou que o cano que deveria abastecer a casa estava bloqueado e a mansão só se servia da água proveniente da adulteração feita na casa, localizada na Rua Firmino Portugal, 72, no interior do condomínio.

– Ligações clandestinas contribuem para desabastecer algumas localidades, além de causar grande prejuízo aos cofres da Cedae. Quando feitas em endereço de luxo são simplesmente revoltantes – afirma o presidente da companhia, Wagner Victer, ressaltando que furto de água é crime previsto no Código Penal.

O empenho da Cedae no combate às ligações clandestinas, que afetam diretamente os contribuintes que pagam pelo serviço, tem sido uma das prioridades da Cedae. Nos últimos três anos, foram realizadas mais de 7 mil operações para coibir a prática criminosa.

Fonte: Cedae