Início Destaque Madureira se prepara para receber a 20ª edição da Parada LGBTI+

Madureira se prepara para receber a 20ª edição da Parada LGBTI+

Rogéria Meneghel e Milton Cunha unem forças e realizam o evento que acontecerá dia 26 de novembro em homenagem a Loren Rainha do Buá, idealizadora da festa, falecida em 2021 vitima de COVID.


Madureira será o palco para a retomada da Parada LGBTI+ mais charmosa da cidade, que será realizada no domingo, dia 26 de novembro, a partir das 9h da manhã. O evento, que por quase duas décadas transformou as ruas do bairro em um movimento em prol do respeito à diversidade e pelos direitos dos LGBTI+, continua sendo organizado pelo grupo MGTT, e agora conta com a direção artística de Milton Cunha, carnavalesco e comentarista de carnaval pela TV Globo, engajado na defesa e promoção da cultura brasileira, que também exerce a vice-presidência do grupo.


Com shows, performances, presença de ativistas e vips, o desfile será também uma homenagem a Loren Rainha do Buá, idealizadora da festa, falecida em 2021, vítima de COVID.
“O processo da retomada é uma coisa muito difícil, porque nós estamos há três anos preparando esse momento e, finalmente, chegou a hora. Vai ser uma grande festa, pensada para homenagear a Loren e para marcar a volta à Madureira, que consideramos o bairro da diversidade”, diz Rogéria, presidente do Grupo MGTT.


Especialista em mobilizar a massa e dar visibilidade a movimentos que envolvam a diversidade, Milton vê a realização da retomadada Parada LGBTI+ de Madureira como “uma oportunidade de projetar ainda mais a voz da comunidade LGBTI+ em torno de questões importantes como a luta contra a homofobia e a conquista da manutenção dos direitos adquiridos como o casamento homoafetivo”.

“Este é um movimento de alegria, uma manifestação eclética e diversa, em um bairro que também tem essa peculiaridade. Madureira é a terra do funk, do samba, do charme, das religiões de matriz africana e da diversidade”, comenta o diretor artístico da festa que terá como reies os atores Diego Martins e Amauri Lorenzo, dupla que faz sucesso na novea terra e Paixão com a divertida his´toria amorosa de Kevin e Ramiro. o cantor WD, destaque do The Voice, também é presença confirmada no evento.

Este ano, o carnaval e o samba estarão representados através da presença de casais de mestre-sala e porta-bandeira LGBTI+. Viviane Martins será a responsável artística deste segmento no evento. Confirmadíssimos no desfile que marcará a retomada da Parada LGBTI+, estão os casais de escolas como Império de Nova Iguaçu, Bangay, Colibri, Arrnaco do Engenho de Dentro, Império da Resistência. A inclusão também estará representada através de representantes da Associação das Velhas-Guardas, Inocentes da Caprichosos, Embaixadores da Alegria e Projeto Samballet. todos empunharão o pavilhão feito exclusivamente para o evento, elaborado pelo designer Ney Junior.

A concentração acontece a partir das 9h em frente à quadra do Império Serrano. Às 14h, o desfile toma as ruas de Madureira, colorindo o bairro com a energia do público e o som dos DJs Natinho Negrada, Nanda Machado e Renan. De 18h às 20h, shows com o Grupo S.E.R, Império Serrano e Portela acontecem no palco principal do Parque Madureira.

Crédito das fotos: Parada: Roque Carvalho (Reprodução internet), Rogéria Meneguel : Yuri Graneiro, Milton Cunha: Selma Souza, Amauri Lorenzo e Diego Martins – Divulgação e Cantor WD – Divulgação

 

Serviço:
Parada LGBTI+ de Madureira – A Retomada
Reies: Amauri Lorenzo e Diego Martins
Participação Esecial: WD
Atrações: DJs Natinho Negrada, Nanda Machado e Renan ao longo do percurso; encerramnto : Grupo S.e.R., Império SErrano e Portela
Data: 26 de novembro
Local: Madureira, concentração em frente à quadra do Império Serrano
Horário: concentração a partir das 09h
Classificação: livre
Expectativa de público: 30 mil pessoas