Início Plantão Barra Marta Rocha participa da inauguração do Posto de Polícia Técnica da Barra

Marta Rocha participa da inauguração do Posto de Polícia Técnica da Barra

 

 

Na manhã de quinta-feira, dia 28, de junho foi inaugurado o posto de polícia técnica-científica da Barra da Tijuca, em anexo a 16ª DP, na Barrinha, na Zona Oeste do Rio. Participaram da cerimônia de inauguração a chefe de Polícia Civil Martha Rocha, o diretor geral de Polícia Técnica Científica  Sérgio da Costa Henriques, a  diretora do Instituto de Criminalística Carlos Éboli Nelly Soares, o delegado do Departamento Geral de Polícia Especializada  Fernando Reis , o delegado Raphael Wyllis, entre outros policiais civis.

 

Ney Suassuna, Martha Rocha, Carlos Henrique e Raphael Willys

 

Em seu discurso, a chefe de polícia Marta Rocha falou sobre seus 29 anos de carreira na Polícia Civil e sobre seu apreço pela área de Polícia Técnica Científica, que ela julga ser uma das primordiais para os resultados do bom trabalho da Polícia. Ela também enfatizou sobre a importância desse posto para as áreas da Barra, Jacarepaguá e Vargem Grande, agilizando assim o tempo gasto em perícias e investigações.

 

Já o diretor geral de Polícia Técnica Científica  Sérgio da Costa Henriques ressaltou a agilidade nos serviços prestados, tendo em vista que até a inauguração do posto tudo era resolvido na região central do Rio, o que ocasionava demora nos trabalhos de perícia técnica na região,  devido a dificuldade de locomoção, principalmente nos horários de rush e sobrecarga no centro, devido ao acúmulo de trabalho.

 

O novo posto do ICCE vai despachar pedidos das quatro delegacias da região: a 16ª (Barra), a 32ª (Taquara), a 41ª (Tanque) e a 42ª (Recreio dos Bandeirantes). O posto conta com viaturas, recursos humanos (peritos criminais), computador com sistema de controle operacional – sistema de comunicação que integra todas as delegacias -, além de outros objetos necessários à investigação, como máquina fotográfica, câmera de vídeo e telefones celulares.

 

 

Os peritos criminais estão aptos a realizar exame local em casos de acidente de trânsito com vítimas e investigarão crimes contra o patrimônio residencial e comercial, como arrombamentos, furtos e roubos. Nesses casos, eles farão a reprodução do local do crime. Outro benefício que o ICCE trará é a possibilidade da delegacia conseguir um laudo prévio após a apreensão de entorpecentes. “Tudo isso poupa o tempo no atendimento às vítimas e facilita nosso trabalho”, informa Carlos Henrique Machado, delegado responsável pela 16 DP.

 

Com o IML à disposição da delegacia da Barra, os peritos legistas poderão realizar exames de corpo de delito e demais perícias, como exames de lesão corporal; constatação de embriaguez ou intoxicação por substância de qualquer natureza; constatação de violência sexual, sanidade mental, constatação de idade e constatação de doença sexualmente transmissível. Atualmente, tanto o instituto de criminalística quanto o IML funcionam apenas no Centro da cidade. Só não será permitida a realização de autópsia, devido a impedimentos federais.

 

O delegado Machado explica que a instalação dessas unidades é uma reivindicação antiga dos moradores da região. O anexo foi construído em 2011, com o auxílio da ACIR e da  Barralerta. “Hoje gastamos mais de uma hora no atendimento a vítimas da Barra. Com as duas unidades aqui, ganharemos agilidade na solução dos sinistros. Economizaremos tempo e dinheiro para os dois institutos” –  acrescenta o delegado.

 

O órgão da Polícia Civil responsável pelo controle e pela administração das duas instituições será o Departamento Geral de Polícia Técnica e Científica.

 

Também estiveram presentes a cerimônia o ex-senador  da República e presidente da  Acibarra Ney Suassuna, o presidente da Barralerta Kleber Machado, o presidente da Câmara Comunitária da Barra, Delair Dumbrosky, entre outros representantes de entidades civis e comunitárias da região.

 

Confira mais fotos:

[nggallery id=35]

 

Fonte e fotos: Graça Paes