Início Plantão Barra Metrô Barra recebe inauguração simbólica

Metrô Barra recebe inauguração simbólica

O Governo do Estado do Rio de Janeiro deu o pontapé inicial para a construção da Linha 4 (Barra da Tijuca) com  a implantação do canteiro de obras, que vai servir de base de apoio a toda essa primeira etapa da construção.

Na cerimônia realizada sob forte calor no dia 20 de março, Eduardo Paes, Sérgio Cabral, Júlio Lopes e muitos políticos comemoravam o feito. O Governador do Rio Sérgio Cabral celebrou as inaugurações no Rio de Janeiro e comentou sobre a evolução da cidade: “Acabei de chegar da inauguração em Niterói e venho aqui dar inicio as obras do Metrô Barra, com outra fantástica noticia que é a construção da Transoeste com túnel da Grota Funda. O Eduardo Paes, aqui presente, tem sido um parceiro e agradeço também a presença de todos os deputados presentes. Estamos com a casa em ordem e já temos 300 milhões para a obra da Linha 4. Fora isto, vamos lançar vender terrenos ao lado das estações principais de metrô da zona sul , que serão grandes empreendimentos imobiliários e convido as construtoras a participarem das licitações” ressaltou Sérgio Cabral.

O Prefeito do Rio Eduardo Paes disse : “Há 17 anos comecei minha atuação na Barra e só ouvia falar da necessidade de saneamento e transportes. Com 3 anos e meio do Governo Sérgio Cabral, ele conseguiu inaugurar o emissário submarino e a estação de tratamento de esgoto. O metrô que parecia impossível , deixou de ser  impossível, porque o Cabral realmente consegue juntar as pessoas em prol do Rio. Se alguém merece aplausos é ele”.

– Essa é uma obra fundamental para melhorar a mobilidade numa região que não para de crescer. É também um desejo e uma reivindicação dos moradores da Barra, Recreio e grande parte da Zona Oeste, que vão se beneficiar com um transporte mais rápido e eficiente. Por dia, a nova linha vai atender a mais de 240 mil pessoas, retirando milhares de automóveis das ruas e melhorando imensamente o trânsito na região. Estamos satisfeitos de tirar do papel um projeto prometido e anunciado tantas vezes – comemora o secretário estadual de Transportes Julio Lopes.

Como será a obra

Neste primeiro momento, os trabalhos estarão concentrados na sondagem e prospecção do trecho entre o Jardim Oceânico e a Gávea, num total de 9,86 quilômetros. Esta etapa é fundamental para identificar o tipo e as características do solo onde serão escavados os túneis e onde serão instalados os pilares de sustentação do viaduto por onde passará parte do trajeto da nova linha.
A Concessionária Rio-Barra, que detém o contrato de construção da Linha 4, já tem licença junto à Prefeitura do Rio e ao Instituto Estadual do Ambiente para o início das obras, o que inclui a autorização para instalar 168 pontos de sondagem.

A primeira estação, a Barra – Jardim Oceânico,ficará localizada no canteiro central da Avenida Armando Lombardi, na altura do número 400, em frente ao shopping Barra Point e ao prédio da Unimed. Neste ponto, a estação será subterrânea com duas saídas, uma para casa lado da avenida, para facilitar o acesso dos usuários ao metrô.

Da estação inicial, a nova linha seguirá subterrânea até atravessar a pista da Av. Armando Lombardi, na altura da Igreja São Francisco de Paula, onde subirá em elevado até encontrar o Maciço da Tijuca. Para isso, será construída uma ponte metroviária, de 350 metros, sobre o Canal da Joatinga, a 15 metros do nível do canal. Essa nova estrutura passará entre as duas pontes existentes, que hoje fazem a ligação entre a Estrada da Barra a Av. Armando Lombardi.
O canteiro de obras será instalado num terreno da Comlurb, cuja cessão já foi negociada com a empresa da prefeitura. No local, será instalado um stand onde os moradores poderão obter informações e esclarecer dúvidas sobre a obra. Neste primeiro momento, não haverá alterações no trânsito.

A Secretaria Estadual de Transportes espera finalizar esta etapa de sondagem nos próximos três meses, para no máximo em 90 dias dar início às obras físicas e as escavações. Para esta primeira etapa, o Governo do Estado do Rio já tem garantido R$ 100 milhões de recursos próprios.
– Tivemos a prudência de só começar a obra com a certeza de que teremos como ir até o fim sem interromper os trabalhos no meio. E isso se deve a um novo momento que o Estado do Rio está vivendo. Hoje, a arrecadação do governo é muito maior do que no início da atual gestão. O nosso limite de endividamento também aumentou. Com isso poderemos captar os recursos necessários para a plena execução da linha, tendo a segurança de começar a obra sabendo que vamos concluí-la antes das Olimpíadas de 2016. Queremos que o metrô para a Barra seja mais um motivo de orgulho para a população do Rio – frisa o secretário Julio Lopes.

GALERIA DE FOTOS

http://picasaweb.google.com.br/aibimprensa/PedraFundamentalMetroBarra#

 

Fonte: Redação AIB e Secretária Estadual de Transportes