Início Plantão Rio Mobilização contra a violência

Mobilização contra a violência

Nos dias 28 e 31 de março, o Núcleo de Familiares e Amigos de Vítimas da Violência, com o apoio da Diocese de Nova Iguaçu e do Viva Rio, fará uma caminhada para lembrar as 29 vítimas da Chacina da Baixada (Nova Iguaçu e Queimados), que ocorreu em 31 de março de 2005. Além de prestar uma homenagem às vitimas, o objetivo da caminhada é protestar contra a violência, o descaso das autoridades, as incursões violentas em comunidades, o desrespeito às famílias de vítimas da violência e a omissão da sociedade civil.

– Nós queremos chamar a atenção da sociedade para o descaso com o episódio. Vamos unir todos os familiares das vítimas para não deixar a chacina ser esquecida – disse Luciene Silva, Coordenadora do Núcleo na Baixada e mãe de Rafael Silva Couto, que foi morto na chacina.

 Entre as vítimas da chacina, que completa quatro anos, estavam crianças, estudantes, comerciantes, desempregados, funcionários públicos, marceneiros, pintores e garçons. Dos envolvidos no caso, quatro foram presos por causa da chacina (o soldado Carlos Jorge Carvalho foi condenado a 543 anos de prisão, mas cumprirá, no máximo, 30 anos, de acordo com a legislação brasileira), um foi absolvido do envolvimento na chacina e condenado por formação de quadrilha, mas já se encontra em liberdade, e um último está em liberdade aguardando julgamento também por formação de quadrilha.

 

 

Fonte: Viva rio