Início Destaque Moro anuncia saída do governo e acusa Bolsonaro de interferência política na...

Moro anuncia saída do governo e acusa Bolsonaro de interferência política na PF

Moro, em pronunciamento, elogiou a autonomia que os governos petistas deram às instituições de combate à corrupção no país e citou papel de Aleixo na prisão de Lula

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participa do painel O Brasil Quer Mais: o combate à corrupção como instrumento para recuperação da credibilidade, em São Paulo.
Em DF, Brasília, na manhã de sexta-feira, dia 24 de abril, o ex-juiz Sergio Moro anunciou, em um pronunciamento oficial , sua saída do Ministério da Justiça e Segurança Pública.
O faro já havia sido antecipado pela imprensa nacional, após o presidente da República, Jair Bolsonaro, decidir demitir o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, na tarde desta quinta-feira.
Moro, ainda afirmou que a demissão de Aleixo representa “uma interferência política na Polícia Federal, cujos resultados são imprevisíveis”.