Início Plantão Mundo Mortos no terremoto do Chile chega a 300

Mortos no terremoto do Chile chega a 300

O número de mortos em consequência do terremoto no Chile, de 8,8 graus na escala Richter, já chega a 300. As autoridades chilenas continuam contando as vítimas. Em nota, a presidente Michelle Bachelet disse que 2 milhões de pessoas foram afetadas, o que representa mais de 10% da população do país (16 milhões), e 1,5 milhão de casas foram danificadas. As informações são da BC Brasil.
 
A diretora do Escritório Nacional de Emergências do Ministério do Interior, Carmen Fernández, disse que a estatística do número de vítimas do terremoto "muda de minuto a minuto". Em cinco regiões do país, o governo declarou “estado de catástrofe”, incluindo a capital Santiago.
 
"Não estamos falando de estado de catástrofe como estado constitucional. Estamos falando de zonas afetadas por catástrofe", explicou Bachelet. Segundo ela, essas áreas receberão "facilidades institucionais para responder à crise e recursos extraordinários e atribuições extraordinárias".
 
O aeroporto de Santiago, que teve seu prédio danificado, permanece fechado. O maior terremoto já registrado no mundo também aconteceu no Chile, em 1960, com magnitude de 9,5 graus na escala Richter, e devastou a cidade de Valdívia, deixando 1.655 mortos.

Fonte: Agência Brasil