Início Plantão Brasil National Symphony Orchestra Washington: Orquestra Sinfônica Nacional de Washington volta ao Brasil...

National Symphony Orchestra Washington: Orquestra Sinfônica Nacional de Washington volta ao Brasil após 28 anos

Após 28 anos, o Mozarteum Brasileiro traz de volta ao Brasil a National Symphony Orchestra de Washington (NSO – Orquestra Sinfônica Nacional), para três apresentações no País, no Rio de Janeiro e em São Paulo, nos dias 24, 25 e 26 de junho.

 

 

Os concertos fazem parte da primeira turnê internacional da orquestra sob a regência do alemão Christoph Eschenbach, que também é diretor artístico da Sinfônica. Além do Brasil, a turnê passará por Buenos Aires e Rosário, Argentina, e Montevidéu, Uruguai, também promovida pelo Mozarteum Brasileiro.

 

 

“A história das turnês da NSO começou na América do Sul, há pouco mais de 50 anos. Considero, então, natural que a primeira turnê com o maestro Eschenbach aconteça em vários países que visitamos naquela época”, ressalta Rita Shapiro, diretora executiva da NSO. “Também estamos ansiosos em poder explorar oportunidades para que nossos músicos interajam com estudantes e músicos locais”.

 

 

Christoph Eschenbach afirma que uma de suas metas é difundir o trabalho dessa grande orquestra. “Esta turnê será especial, uma vez que visitaremos uma região do mundo que ocupa lugar de destaque tanto na história da NSO quanto na minha história pessoal. Uma das minhas primeiras turnês como pianista incluiu alguns dos países que visitaremos, e me lembro da forma calorosa de como fui acolhido”, acrescenta. O maestro já esteve no Brasil em temporadas anteriores do Mozarteum Brasileiro, como maestro das orquestras Bamberger Symphoniker, em 1994; NDR-Sinfonieorchester de Hamburgo em 2002; e Orquestra Schleswig-Holstein Musik Festival, em 2007.

 

No repertório, destaque para a premiére na América do Sul de Blue Blazes, trabalho do compositor norte-americano Sean Shepherd, 33, encomendado pela NSO por meio de seu fundo de fomento a novas obras orquestrais – será também a primeira vez que uma composição de Shepherd será executada no Brasil. A NSO ainda apresentará a 7ª Sinfonia de Beethoven, a 5ª Sinfonia de Tchaikovsky, a Abertura de Roman Carnival de Berlioz, Der Rosenkavalie Suite de Richard Strauss e Concertos para Violoncelo de Édouard Lalo.

 

 

“Estou honrado com a estreia de Blue Blazes no Brasil. Em um país com uma cultura musical rica, cuja influência sobre o mundo tem sido longa e vasta, com contribuições valiosas como Villa-Lobos, o samba e Antonio Carlos Jobim, eu sei que a National Symphony será calorosamente recebida, e estou muito contente por fazer parte desta celebração”, ressalta Shepherd.

 

 

A turnê terá participação do violoncelista Claudio Bohórquez, músico de renome internacional, radicado na Alemanha, mas com raízes sul-americanas. Entre os destaques de sua atual temporada, além dos concertos com a NSO, estão apresentações com a Frankfurter Oper- und Museumsorchester, Dresden Philharmonic e Orchestre Philharmonique du Luxembourg, sob o comando de Rafael Frühbeck de Burgos.

 

 

“Voltar a América do Sul com a NSO e o fenomenal maestro Christoph Eschenbach é uma grande oportunidade de tocar para um público que é extremamente receptivo. Estou especialmente ansioso para me apresentar no Brasil, onde as salas de concerto são de excelente qualidade e espero também encontrar tempo para apreciar o estilo de vida local”, afirma Bohórquez, que completará 36 anos durante a turnê brasileira, no dia 24 de junho.Os integrantes da NSO estão empenhados em participar de programas de interação com os profissionais do Brasil: vão ministrar masterclasses na Escola de Música de São Paulo, como parte do Projeto Mozarteum, cujo objetivo é fomentar e difundir a música clássica no Brasil, apoiando estudantes e jovens músicos brasileiros.

 

 

Serviço: NATIONAL SYMPHONY ORCHESTRA, WASHINGTON, D.C.
Christoph Eschenbach, regente
Claudio Bohórquez, violoncelo
24/6 – 17h – Theatro Municipal do Rio de Janeiro
25/6 – 21h – Theatro Municipal de São Paulo *
26/6 – 21h – Theatro Municipal de São Paulo
Ingressos / preços
São Paulo – Podem ser adquiridos no Mozarteum Brasileiro, pelo telefone (11) 3815-6377 ou email [email protected]; pelo Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br); e na bilheteria do Theatro Municipal.
Setor A – R$ 300; setor B – R$ 260; setor C – R$ 180; e setor D – R$ 110 .
Rio de Janeiro – Podem ser adquiridos na bilheteria do Theatro Municipal e pela Ingresso.com (ingresso.com.br).
Plateia e balcão nobre: R$ 280; Balcão Superior: R$ 180; Galeria: R$ 80; Frisa e Camarote: R$ 1.680.

Programas
Theatro Municipal do Rio de Janeiro e 1ª noite no Theatro Municipal de São Paulo
Hector Berlioz – Ouvertuere Carnaval Romano
Édouard Lalo – Cellokonzert (solista: Claudio Bohórquez)
Tchaikovsky – 5ª Sinfonia
Theatro Municipal de São Paulo – 2ª noite
Sean Shepherd – Blue Blazes
Édouard Lalo – Cellokonzert (solista: Claudio Bohorquez)
Beethoven – 7ª Sinfonia
Classificação etária indicativa: livre.
* Assinantes do Mozarteum Brasileiro terão os lugares reservados para este dia
Mozarteum Brasileiro
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1811, 5º andar, conjunto 521 – Tel.: (11)3815-6377
www.mozarteum.org.br

 

 

Fonte: Assessoria