Início Plantão Brasil Novo comandante toma posse na PM do Rio e quer remodelar UPPs

Novo comandante toma posse na PM do Rio e quer remodelar UPPs

O novo comandante da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Wolney Dias Ferreira, tomou posse na manhã de terça, dia 25, dizendo que será feito um estudo para remodelar as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Ferreira estava na reserva da PM e afirmou que ainda não está claro o que precisará ser mudado no setor, mas que é preciso remanejar recursos e fazer mais com menos. “Nossos recursos são limitados”, adiantou o militar, que só vai começar a promover mudanças na corporação a partir da próxima segunda-feira, após o segundo turno das eleições, que já tem o seu planejamento de segurança assegurado. A partir da semana que vem, serão mudados nomes na equipe. Inicialmente no escalão tático da corporação e depois nos cargos de execução, para tentar reverter o aumento dos índices de criminalidade registrados este ano.

 

 

Em seu discurso de posse, ele prometeu rigor com PMs que cometem crimes, afirmou que a polícia não é a única responsável pela segurança pública e disse que o país enfrenta uma situação grave. Sobre mortes em confronto com a polícia, Ferreira disse que “é preciso ter em mente que quem enfrenta a polícia corre risco de morrer”.

 

 

Dificuldades

O ex-comandante da PM, Edson Duarte, deixou o cargo destacando que enfrentou um ‘cenário caótico’ em sua gestão e teve seu trabalho afetado pelas dificuldades financeiras do estado. Em um balanço de seu comando, ele lembrou a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e a ocorrência de manifestações de diversos tipos. Duarte havia sido nomeado pelo ex-secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, no início deste ano.