Início Plantão Rio O corcovado vai estar "De braços abertos por um trânsito mais seguro"

O corcovado vai estar "De braços abertos por um trânsito mais seguro"

A campanha “De braços abertos por um trânsito mais seguro”tem por objetivo mobilizar a sociedade sobre a necessidade de enfrentar os altos índices de violência no trânsito. E, no sábado, dia 9 de maio, o Cristo Redentor, recebe a cor amarela, representando o ‘Maio Amarelo’, a partir das 19h. Na ocasião, um ato ecumênico, animado pelo Coral do DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito), vai reunir autoridades públicas e religiosos das Igrejas Católica e Evangélicas, no alto do Corcovado, no Parque Nacional da Tijuca.

 

 

 

Com participação da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, o evento contará com com as presenças do presidente regional do PROS-RJ e da Frente Parlamentar, deputado federal Hugo Leal, do secretário estadual de Saúde, Felipe Peixoto, do presidente do DETRAN-RJ, José Carlos Araújo, e do coordenador-geral da Operação Lei Seca no Estado, major Marco Andrade. Durante a cerimônia, também haverá espaço para testemunhos de vítimas de trânsito e de familiares de pessoas que morreram em acidentes e atropelamentos.

 

 

A iniciativa é um importante reforço para o alcance da meta do Brasil: reduzir em 50% o índice de acidentes até 2020, conforme o compromisso assumido, em 2011, com a Organização das Nações Unidas (ONU) — que instituiu esta década como a de ações para a segurança no trânsito. Mas o desafio é enorme: 45 mil pessoas perdem a vida nas ruas e estradas do País, vítimas de colisões e atropelamentos, todos os anos. E milhares ficam mutiladas.

 

 

 

 — A vida é o dom mais lindo que Deus nos concedeu. Devemos sempre protegê-la. Iniciativas que conscientizem sobre a importância da prudência no trânsito para evitar acidentes são fundamentais e salvam vidas. Então, o Cristo Redentor fica amarelo, convidando ao que a cor representa: estado de alerta, explica o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo.

 

 

 

O movimento Maio Amarelo, que já reúne 18 países dos cinco continentes e cerca de 500 entidades no mundo, até o fim de maio, vai promover ações de conscientização e debates sobre trânsito seguro, por meio de eventos culturais, esportivos e sociais para chamar a atenção da população.

 

 

Nice Affonso – Coordenadora de Comunicação do Cristo Redentor – Arquidiocese do Rio de Janeiro