Início Plantão Barra O mercado de casamentos no Brasil

O mercado de casamentos no Brasil

 

Vem chegando maio, e aí vem à noiva! As empresas de casamentos estão a todo vapor, e as tendências e novos modismos vão aparecendo. Dos casamentos tradicionais aos mais extravagantes, as cerimônias refletem sempre o estilo de vida do Casal.

 

 

O Brasil soma mais de 77 milhões de solteiros, sendo 34 milhões deles, jovens entre 20 e 40 anos. Mais se o número de solitários é grande, o número de apaixonados em busca de seu parceiro também é.  Segundo estimativas, houve significativo crescimento nos números de pessoas que se casam em todo país. Nada menos que 19 mil casamentos civis, em média, são registrados em todo o território brasileiro, por semana. Números que segundo pesquisa feita recentemente pela Abrafesta (Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais), ainda aumentarão muito. Isso porque, o Estudo revelou que o mercado de festas e cerimônias de casamento  vai movimentar em 2012, cerca de R$ 14 bilhões. O motivo para toda essa movimentação no setor pode estar nos dados da pesquisa realizada pelo IBGE, que constatou que embora grande parte dos enlaces matrimoniais envolva cônjuges solteiros (81,7%), a proporção de “recasamentos” deu um salto de 11,7% para 18,3%, em relação ao registrado em 2000.

 

 

No primeiro momento, pode soar um tanto quanto contraditório, mas uma das alavancas desse crescimento está, sim, no que chamaríamos de “antônimo” do casamento: O divórcio. Os casamentos inegavelmente são mais solúveis que no tempo de nossos pais e avós. Seja, pela liberdade feminina, escolha de ambos, ou somente a busca pela eterna felicidade. Os pudores, em trocar de esposa e marido, já não é uma barreira em nossa sociedade. Com isso, O recasamento foi crescente na última década e representa uma mudança no comportamento de homens e mulheres. As maiores proporções de uniões entre divorciados foram verificadas no Rio de Janeiro e em São Paulo (4,2%, em ambos). Sendo grande parte dessas uniões formais, realizadas entre homens divorciados e mulheres solteiras. Situação mais comum no Distrito Federal (10%) e no Rio de Janeiro (9,4%).

 

 

A novidade pode não agradar muito os mais conservadores, mas os investidores do ramo têm motivos de sobra pra comemorar. No Rio, no ano passado, foram realizadas mais de 20 feiras, expos e mostras nesse segmento. Em São Paulo, aconteceu o dobro de eventos, além, do crescente número de serviços que continuam a surgir a todo instante. As cerimonialistas e empresas do ramo espalham-se por toda a parte. E os empresários do setor, ganham dinheiro realizando o sonho de outras pessoas, oferecendo novidades e produzindo  todas as etapas dessa festa, que para muitas mulheres ainda é um sonho. Isso porque, “mesmo em pleno século XXI, até as mais moderninhas se rendem ao vestido branco e a grinalda, chegando a sonhar com a hora do sim”, explica o maestro Vito Nunziante, diretor da empresa que leva o seu nome. A Maestro Vito, especializada em assessoria musical, só no primeiro trimestre desse ano (2012), já conta com um aumento de 30% na procura.

 

 

Na busca de explicações para esse novo comportamento, especialistas acreditam que o aumento do percentual se deve a estabilidade econômica, que faz com que as pessoas tenham uma facilidade de crédito. Mais para Vito, a resposta pode ser algo bem mais simples: “O sonho de casar ainda continua vivo em muitos casais, seja para seguir uma tradição familiar, ou religiosa. Até mesmo aqueles que já vivem juntos há muitos anos, ainda, guardam a esperança de consolidar o casamento no papel, com direto a uma linda festa”, relata ele, afirmando ainda, que todo esse crescimento estimulou a competividade, fazendo com os “casamenteiros” invistam cada vez mais em recursos que surpreendam e atraiam seus clientes, que estão sedentos por novidades e exclusividade. O mercado abre espaço para bolos, Buquês, véus, grinaldas, pétalas de flores, e tudo que envolve um casamento, inclusive a música, peça fundamental, que segundo o maestro, na maioria das vezes, leva até o mais duro dos padrinhos a se arrepiar.

 

 

Serviços
Maestro Vito presta assessoria para escolha das musicas, e o repertório é tocado ao vivo. Voz e piano, para os noivos escolherem sua trilha. Diferenciando ainda mais, em caso de escolhas de música fora do repertório do maestro, as partituras e arranjos desejados, serão ensaiadas e incluídas no repertório do evento, especialmente para os contratantes. Dessa forma, a música tema do romance pode compor o grande momento, sem nenhum custo adicional.

 

 

RG Press Assessoria de Imprensa

www.rgassessoriadeimprensa.com.br

Rio de Janeiro – Rua João Bruno Lobo, 300 – Sala 102.
Jacarepaguá – Rio de Janeiro – RJ