Início Plantão Barra Obras na Baixada Fluminense geram novos postos de trabalho

Obras na Baixada Fluminense geram novos postos de trabalho

A Cedae está realizando na Baixada Fluminense o maior conjunto de obras em saneamento do país. O Programa de Abastecimento de Água para a região, que representa um investimento de R$ 3,4 bilhões em intervenções, tem um adicional social importante: a geração de emprego e renda.

 

Iniciadas no segundo semestre de 2015, as obras criaram desde então 10.872 postos de trabalho. Somadas às vagas indiretas, as oportunidades chegam a 11.791 empregos. A expectativa é de que em 2018 haja mais 4.465 vagas decorrentes das obras da Cedae na Baixada.
 

– As obras da Baixada, sem dúvida, têm um grande alcance social. Além de levar qualidade de vida com ampliação da oferta de água, cria empregos necessários à região. Não só os empregos diretos, mas, os indiretos também, que vão aparecendo com as obras. As melhorias movimentam os municípios a partir do crescimento do comércio e demais serviços que surgem a partir desse programa tão importante, que é o de abastecimento de água da Baixada – destacou o diretor de Engenharia da Cedae, Humberto de Mello Filho.
 

As obras da primeira fase já estão 56% concluídas, e continuam em andamento nos municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Queimados, Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu. O projeto completo inclui o assentamento de cerca de 100 km de adutora, implantação e reforma de 17 elevatórias, construção de 17 reservatórios e reforma de outros oito. Além disso, há o assentamento de 517 quilômetros de troncos de adução e de distribuição de água. O Programa de Abastecimento da Baixada beneficiará, ao final, cerca de 2,2 milhões de habitantes.
 

O investimento de R$ 3,4 bilhões contempla ainda a construção de uma nova estação de tratamento de água, denominada Novo Guandu, que terá capacidade para produzir mais 12 mil litros de água por segundo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here