Início Plantão Barra Oi Rio Pro volta a ser adiado na quarta-feira na Barra, RJ

Oi Rio Pro volta a ser adiado na quarta-feira na Barra, RJ

unnamed

 

Na manhã desta quarta-feira, dia 13 de maio, o público que foi a praia da Barra para assistir os melhores surfistas do mundo no Oi Rio Pro, quase ficou decepcionado. A continuação da etapa brasileira da World Surf League acabou sendo adiada para as 7h de quinta-feira, dia 14, no Postinho, da Barra, Zona Oeste do Rio.  As ondas chegaram a subir mais de 2 metros de altura, mas o mar não oferecia boas condições para realizar as primeiras fases eliminatórias das duas categorias.  para alegria dos fãs, algumas estrelas do surfe mundial entraram no mar, e só deixaram a água quando a decisão pelo adiamento foi confirmada, às 10h30.  

 

 

“Nós esperamos mais hoje (quarta-feira) para ver se as condições ficariam melhores, mas infelizmente o mar ainda está muito mexido porque o swell (ondulação) chegou com muita força e o vento terral não entrou”, explicou o comissário da World Surf League, Kieren Perrow, responsável pela análise das condições a cada dia. “Estamos vendo as previsões de que o mar vai baixar um pouco e acertar a formação das ondas nos próximos dias, então teremos melhores condições para prosseguir com o evento. Para amanhã (quinta-feira), é praticamente certo de que teremos boas ondas para retornar a competição”.

 

 

Se o Oi Rio Pro recomeçar pela categoria masculina, o primeiro duelo do dia será entre o tricampeão mundial Mick Fanning e o paulista David do Carmo. Este confronto já aconteceu no ano passado e o brasileiro saiu vencedor, perdendo depois por muito pouco para o onze vezes campeão mundial, Kelly Slater. David do Carmo participa da etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour pelo segundo ano consecutivo numa das vagas para os convidados dos organizadores das etapas.

“É, hoje (quarta-feira) foi um dia de expectativa, sem saber se ia ter campeonato ou não, mas as condições vão estar melhores mesmo amanhã, então acho que a comissão técnica está de parabéns pela decisão, porque realmente o público na praia quer ver o show e hoje não tinha muitos tubos, o mar tava muito mexido”, disse David do Carmo, que relembrou as baterias do ano passado no Postinho. 

 

“Realmente foram as duas melhores baterias da minha vida”, destacou David do Carmo. “Tanto a primeira contra o Mick (Fanning) que eu venci, como a segunda contra o Kelly (Slater), que eu tava ganhando e ele acabou virando só no finalzinho, foram os melhores momentos da minha carreira. Agora vou mais uma vez enfrentar o tricampeão mundial Mick Fanning, mas procuro não pensar muito no meu adversário e sim em encontrar boas ondas lá fora e fazer um bom trabalho”.

 

Depois da reedição do duelo entre David do Carmo e Mick Fanning, a segunda fase do Oi Rio Pro prossegue com os brasileiros disputando a primeira rodada eliminatória da etapa brasileira da World Surf League. Na segunda bateria, o também paulista Alex Ribeiro, que no último domingo venceu o QS 10000 de Saquarema e ocupa a vice-liderança no ranking do WSL Qualifyiing Series, enfrenta o havaiano John John Florence, que já foi campeão nas ondas do Postinho em 2013. E na terceira entra o catarinense Alejo Muniz com o australiano Taj Burrow. O outro único brasileiro que não estreou com vitória na terça-feira é o paulista Miguel Pupo, que vai tentar aproveitar a segunda chance de classificação para a terceira fase na décima bateria, com o australiano Adam Melling.

 

SEGUNDA FASE FEMININA – A primeira chamada das 7h00 a cada dia do Oi Rio Pro é para as duas categorias. Assim como na masculina, a segunda fase feminina também vai começar com o Brasil na primeira bateria, com a cearense Silvana Lima enfrentando Nikki Van Dijk. E outra australiana, Tyler Wright, será a adversária da paulista Luana Coutinho, que compete na vaga de convidada da etapa brasileira da World Surf League, na terceira bateria. Os que perderem nesta primeira rodada eliminatória, tanto na categoria masculina como a feminina, recebem um mínimo de 9.000 dólares pela participação, com as meninas marcando 1.750 pontos no ranking pelo 13.o lugar no Brasil e os homens somente 500 pontos pela 25.a posição no Rio de Janeiro.

 

SEGUNDA FASE DO OI RIO PRO – Vitória=Terceira Fase / Derrota=25.o lugar com 500 pontos e US$ 9.000 pela participação:
1.a: Mick Fanning (AUS) x David do Carmo (BRA)
2.a: John John Florence (HAV) x Alex Ribeiro (BRA)
3.a: Taj Burrow (AUS) x Alejo Muniz (BRA)
4.a: Josh Kerr (AUS) x C. J. Hobgood (EUA)
5.a: Jordy Smith (AFR) x Ricardo Christie (NZL)
6.a: Nat Young (EUA) x Brett Simpson (EUA)
7.a: Julian Wilson (AUS) x Dusty Payne (HAV)
8.a: Joel Parkinson (AUS) x Keanu Asing (HAV)
9.a: Owen Wright (AUS) x Glenn Hall (IRL)
10: Miguel Pupo (BRA) x Adam Melling (AUS)
11: Kolohe Andino (EUA) x Kai Otton (AUS)
12: Adrian Buchan (AUS) x Fredrick Patacchia (HAV)

SEGUNDA FASE FEMININA – Vitória=Terceira Fase / Derrota=13.o lugar com 1.750 pontos e US$ 9.000 de prêmio:
1.a: Silvana Lima (BRA) x Nikki Van Dijk (AUS)
2.a: Johanne Defay (FRA) x Alessa Quizon (HAV)
3.a: Tyler Wright (AUS) x Luana Coutinho (BRA)
4.a: Lakey Peterson (EUA) x Sage Erickson (EUA)
5.a: Malia Manuel (HAV) x Laura Enever (AUS)
6.a: Coco Ho (HAV) x Dimity Stoyle (AUS) 

RESULTADOS DO OI RIO PRO NA TERÇA-FEIRA NO POSTINHO DA BARRA DA TIJUCA:

PRIMEIRA FASE MASCULINA – Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase: 
1.a: 1-Jeremy Flores (FRA)=12.17, 2-Brett Simpson (EUA)=12.07, 3-Taj Burrow (AUS)=6.30
2.a: 1-Kelly Slater (EUA)=19.27, 2-Adrian Buchan (AUS)=12.60, 3-Ricardo Christie (NZL)=11.76
3.a: 1-Wiggolly Dantas (BRA)=15.97, 2-John John Florence (HAV)=10.66, 3-C. J. Hobgood (EUA)=9.94
4.a: 1-Gabriel Medina (BRA)=12.33, 2-Fredrick Patacchia (HAV)=7.77, 3-Alejo Muniz (BRA)=4.90
5.a: 1-Italo Ferreira (BRA)=14.07, 2-Mick Fanning (AUS)=9.33, 3-Alex Ribeiro (BRA)=2.47
6.a: 1-Adriano de Souza (BRA)=17.90, 2-Kai Otton (AUS)=11.60, 3-David do Carmo (BRA)=5.67
7.a: 1-Jadson André (BRA)=14.04, 2-Josh Kerr (AUS)=11.97, 3-Dusty Payne (HAV)=10.03
8.a: 1-Sebastian Zietz (HAV)=12.06, 2-Jordy Smith (AFR)=10.67, 3-Keanu Asing (HAV)=10.60
9.a: 1-Bede Durbidge (AUS)=14.84, 2-Glenn Hall (IRL)=11.94, 3-Nat Young (EUA)=6.17
10.a: 1-Filipe Toledo (BRA)=16.27, 2-Kolohe Andino (EUA)=11.93, 3-Adam Melling (AUS)=8.40
11.a: 1-Matt Banting (AUS)=9.76, 2-Miguel Pupo (BRA)=9.26, 3-Julian Wilson (AUS)=9.10
12.a: 1-Matt Wilkinson (AUS)=14.96, 2-Joel Parkinson (AUS)=13.47, 3-Owen Wright (AUS)=10.34

PRIMEIRA FASE FEMININA OI RIO PRO – Vitória=Terceira Fase / 2.a e 3.a=Segunda Fase:
1.a: 1-Bianca Buitendag (AFR)=12.00, 2-Lakey Peterson (EUA)=10.20, 3-Alessa Quizon (HAV)=8.50
2.a: 1-Sally Fitzgibbons (AUS)=11.73, 2-Johanne Defay (FRA)=8.00, 3-Laura Enever (AUS)=4.67
3.a: 1-Carissa Moore (HAV)=9.50, 2-Dimity Stoyle (AUS)=3.40, 3-Luana Coutinho (BRA)=0.50
4.a: 1-Keely Andrew (AUS)=11.07, 2-Tyler Wright (AUS)=9.83, 3-Coco Ho (HAV)=8.53
5.a: 1-Courtney Conlogue (EUA)=13.33, 2-Sage Erickson (EUA)=10.00, 3-Silvana Lima (BRA)=3.13
6.a: 1-Tatiana Weston-Webb (HAV)=11.43, 2-Malia Manuel (HAV)=10.96, 3-Nikki Van Dijk (AUS)=10.36