Início Plantão Rio Operação Lei Seca vai intensificar as ações nas festas de Réveillon

Operação Lei Seca vai intensificar as ações nas festas de Réveillon

A Operação Lei Seca, da Secretaria de Governo, vai intensificar as ações durante as festas de fim de ano. Todo o efetivo, que conta com 250 agentes, será mobilizado a partir do dia 24 de dezembro. No total, serão realizadas 114 operações nos feriados de Natal e Réveillon. Além da capital e região metropolitana, a Operação também promoverá ações no interior do Estado.

 

“As festas de fim de ano nos fazem celebrar e também é um bom momento para refletir sobre nossas atitudes. O trânsito é um problema de saúde pública no Brasil e o Rio de Janeiro vem dando bons exemplos ao País.”, afirmou o secretário de Governo, Paulo Melo.

 

Nos dias 24, 25, 26, 27 e 31 de dezembro, 1º, 2 e 3 de janeiro, também ocorrerão ações educativas onde os cadeirantes da Operação Lei Seca vão distribuir panfletos, adesivos e ventarolas em pontos importantes da cidade como aeroportos, rodoviária e locais turísticos como a praia de Copacabana, a Lagoa Rodrigo de Freitas e a Lapa.

 

“A circulação de pessoas e o trânsito neste período de festas são intensos. Faremos 57 operações no período natalino e outras 57 no feriado do Réveillon. Nossas equipes atuarão nas regiões de maior fluxo em todo o Estado.”, disse o coordenador da Operação Lei Seca, coronel Marco Andrade.

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2013 houve 12% de redução no número de mortes no trânsito no estado do Rio de Janeiro, em comparação com o ano de 2012. Isso comprova que o cidadão tem colaborado e refletido sobre os danos que o álcool, associado à direção, podem causar – explicou o coronel.

 

BALANÇO DA OPERAÇÃO LEI SECA

 

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente, lançada em março de 2009, pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro. 

 

Desde então, até a madrugada de 23/12/2015, 2.070.787 motoristas foram abordados, 408.174 foram multados, 81.846 veículos foram rebocados e 141.191 motoristas tiveram a CNH recolhida. Foram realizados neste período 1.8013.299 testes com o etilômetro e em 150.837 foram comprovadas a alcoolemia.

 

O sucesso do programa  também já serviu de inspiração para outros estados do país e o exterior: 20 delegações brasileiras, entre elas Pernambuco, Acre, Rondônia e Alagoas e duas delegações internacionais, da Venezuela e Espanha, enviaram comitivas ao Rio a fim de importar o modelo de gestão da Lei Seca fluminense.