Início Plantão Barra Palestra de apresentação de projetos e do Fórum Mundial da Paz

Palestra de apresentação de projetos e do Fórum Mundial da Paz

Será realizado no dia 7 de novembro (Quinta-feira), a partir das 19h30, a palestra de apresentação de projetos e do Fórum Mundial da Paz promovida pela ONG Together For Peace.

 

O evento será realizado na Câmara Comunitária da Barra da Tijuca e contará com a participação de várias autoridades locais.

Convite-da-Palestra-together-for-peace

Serviço:

Palestra de apresentação de projetos e do Fórum Mundial da Paz
Local: Câmara Comunitária da Barra da Tijuca – Avenida Marechal Henrique Lott, 135 Parte das Rosas
Data: 7 de novembro a partir das 19:30
Mais informações: 21 3325-1429/ 9915-0324/ [email protected]
www.togetherforpeace.com.br

 

 

Mais sobre a ONG Together For Peace

A Organização Não Governamental Together for Peace foi criada, em 2004, como resposta ao clamor universal por paz. Uma paz que não dependa apenas de governantes ou detentores de poder, mas que seja responsabilidade de todos e de cada um de nós.
Seu objetivo é redefinir este conceito e servir de inspiração para posturas e atitudes comprometidas com o respeito ao próximo e à natureza.

 

Na logo da instituição, identificam-se mãos entrelaçadas, fazendo alusão a um mundo sem divisões entre países – apenas gomos de diferentes matizes que lembram a diversidade dos povos que habitam a Terra. Dois pássaros em extremos opostos são ligados pelos dizeres Together for Peace – Unidos pela Paz. “A ideia do nome em inglês indica a universalidade do projeto”, explica Mireille Pannett. Cada edição do Fórum será realizada em uma diferente cidade do planeta, a cada dois anos.

 

O ícone desse processo de conscientização será a realização do Fórum Mundial da Paz, previsto para setembro de 2015, na cidade do Rio de Janeiro. Pretende-se reunir jovens, professores, acadêmicos e formadores de opinião para discutir, através de palestras, workshops, oficinas, seminários, atividades culturais, ecológicas, entre outros, durante cinco dias, os problemas que afetam diretamente as pessoas – a falta de respeito ao próximo, ao ambiente e a violência – construindo-se então um novo paradigma a ser seguido e que irá beneficiar o ser humano de forma política e ecologicamente correta.

 

O evento reunirá universitários, ONGs, associações e personalidades brasileiras e internacionais que poderão interagir e integrar uma variedade de religiões, etnias, profissões e segmentos sociais. Prima-se pela propagação de uma existência harmoniosa entre seres humanos, independentemente de credo, raça, cor e ideologia. “Todo e cada ser humano é capaz de dar a sua contribuição para a construção de um mundo mais harmônico, de acordo com suas próprias aptidões e habilidades, dentro dos limites individuais. Pequenos gestos e atitudes são transformadores”, acredita Mireille Pannett.

 

“Já conquistamos uma mudança de paradigma com a realização da ECO-92 e da Rio+20 em relação ao meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável, então porque não lutarmos para estabelecer novos valores de paz?”, indaga a presidente da ONG.
Em 09 de março de 2009, com o apoio do JW Marriott Hotel, que concedeu o auditório; da H.Stern, que forneceu o troféu para agraciarmos a Sra. Gilda Vieira de Mello; da Graph Center que ofereceu os convites, os diplomas e os certificados de presença; foi lançado o Fórum Mundial da Paz, que contou com a participação de diversas autoridades, pensadores, acadêmicos e formadores de opinião.

 

Assim, nasceu o projeto “Entrevistas” que busca documentar as opiniões daquelas personalidades que participaram do lançamento do Fórum Mundial da Paz sobre à importância da cidade do Rio de Janeiro sediar o 1° Fórum Mundial da Paz; identificar formas e maneiras de como criar uma cultura da paz; de como proteger e cuidar do meio ambiente; como começar a desenvolver ações efetivas voltadas à cultura da paz e cuidado com o meio ambiente.

 

 

Por que o Rio de Janeiro será a primeira cidade a receber o Fórum?
O desejo de redesenhar a imagem do Rio de Janeiro foi o que impulsionou a escolha da cidade como a pioneira do Fórum Mundial da Paz “Trata-se de um caso de maravilha da natureza dominada e destruída pela violência urbana. Queremos restituir a cidade aos seus cidadãos”, diz Mireille.

 

Essa preocupação se estende a todo o planeta. “É hora de agir para fazer da Terra um lugar ainda habitável por pessoas capazes de respeitar as diferenças, conviver em harmonia com a natureza e desejar construir uma paz duradoura, não só para si, mas para as futuras gerações”, comenta Mireille.

 

Paralelamente e concomitantemente às propostas de conscientização e disseminação de valores da paz, uma série de projetos sociais faz parte do repertório de ações da Together for Peace. O primeiro deles é o projeto “Mexa-se Por Um Fio de solidariedade”, que visa incentivar a doação de cabelos, destinada à confecção de perucas, para que sejam distribuídas à pacientes de câncer.

 

“Queremos montar uma cooperativa para confecção de tais perucas. Iremos promover empregos e oportunidades de resgate da autoestima e qualidade de vida, além de combater diretamente a violência incutindo uma cultura da paz”, explica Mireille.

 

Outro importante projeto da Together for Peace denomina-se “Semeador da Paz”. Trata da instalação de uma obra de arte na forma de monumento, com cerca de 6 (seis) metros de altura a ser instalado em um ponto de grande visibilidade na cidade do Rio de Janeiro para que tanto seus moradores quanto seus visitantes, contemplem mais esse ponto turístico da nossa Cidade Maravilhosa, símbolo do espírito humanista, cosmopolita e pacífico da população.

 

Concebida e executada pelo renomado artista plástico, escultor e designer Paulo Soláriz, que com base na logo na Together for Peace e seus propósitos de semear a paz, cuidar do ambiente e das pessoas para chegarmos a um mundo melhor, desenvolveu a figura de um ser humano cuidando do planeta e semeando a paz aos povos.

 

Em um segundo momento, o projeto “Semeador da Paz” será levado às comunidades. Primeiramente àquelas que já receberam Unidades de Polícia Pacificadora-UPPs, na cidade do Rio de Janeiro. Essa ação envolverá professores e pedagogos das escolas municipais da comunidade, que nos ajudarão a formatar e a realizar um concurso cultural, onde seus alunos apresentarão trabalhos, redações ou projetos, relacionados aos seguintes temas: meio ambiente, sustentabilidade, reciclagem, honra, dignidade, respeito ao próximo, ajuda voluntária e paz.

 

Outros projetos sociais ainda se encontram em fase de aprimoramento e formatação, tais como “Gol pela Paz”, “Caminhada pela PAZ” e “Peaces of new World”.

 

 

Together for Peace
Mireille Pannett: 9915-0324
[email protected]
CNPJ 07.098.474/0001-67

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.