Início Plantão Barra Plantão Barra: COI encerra terceira visita ao Rio

Plantão Barra: COI encerra terceira visita ao Rio

A presidente da Comissão de Coordenação do COI, Nawal El Moutawakel e o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman

 

Na tarde de quarta-feira, dia 6, foi encerrada a terceira visita da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) ao Rio com a presidente da Comissão, Nawal El Moutawakel, destacando o forte apoio governamental que o projeto de 2016 continua a receber, com todos os níveis de governo representados durante as reuniões. Tanto o Ministro de Estado do Esporte, Aldo Rebelo, quanto o Prefeito do Rio, Eduardo Paes, participaram da visita da Comissão.

 

 

Desde a última visita da Comissão em junho de 2011, o Comitê Organizador Rio 2016 fez grandes progressos em criar uma visão mais clara dos papéis e responsabilidades dos vários parceiros envolvidos nos Jogos, assim como definindo claramente prazos de projeto. Alguns exemplos desse trabalho incluem a conclusão do projeto executivo do Parque Olímpico, o esclarecimento das responsabilidades para o conjunto de Deodoro e a conclusão próxima da matriz de responsabilidades do Rio 2016.

 

 

Com esse importante e complexo trabalho chegando a uma conclusão, torna-se claro que os prazos para entrega são muito curtos e que a quantidade de trabalho a ser completada é considerável. Particularmente, levando-se em conta que a construção do Parque Olímpico e do conjunto de Deodoro, que contêm 18 locais de competição, o Centro Principal de Imprensa e o Centro Internacional de Transmissões, e outros projetos dos Jogos, está programada para começar em 2013, e todas as instalações esportivas devem estar prontas entre a metade de 2015 e o início de 2016. A Comissão ficou satisfeita de perceber, no entanto, que o Rio 2016 está implementando uma metodologia e uma série de grupos de trabalho para assegurar que todas as partes envolvidas nos Jogos trabalhem em unidade.

 

 

A entrega bem sucedida do projeto do Rio continuará, portanto, a exigir um nível de integração muito alto entre todos os parceiros e o recrutamento rápido de profissionais com experiência específica de Jogos. A Comissão também se mostrou confiante que ainda há tempo suficiente para concluir o que é necessário.

 

Nawal El Moutawakel e Nuzman

 

Ao falar após o encontro, a presidente da Comissão de Coordenação do COI, Nawal El Moutawakel, disse: “O Rio 2016, sob a liderança de Carlos Nuzman, continua a receber um grande apoio dos três níveis de governo. Pela nossa experiência, sabemos que, assim que a edição anterior dos Jogos termina, os próximos organizadores precisam fazer a transição para a fase de implementação e o Rio não será uma exceção”. Ela acrescentou que “foi um prazer ter todos os níveis de governo conosco novamente esta semana; o apoio contínuo de todos é vital para o sucesso do projeto e podemos ver que seu entusiasmo pelos Jogos Olímpicos e Paralímpicos continua grande como sempre”.

 

 

Como parte crucial do andamento do projeto dos Jogos, uma equipe do Rio participará dos Jogos de Londres como observadores ou na operação. Essa será uma grande oportunidade para que os organizadores do Rio vejam de perto o que é necessário para receber os Jogos Olímpicos, permitindo que aperfeiçoem seu planejamento e simplifiquem seus processos operacionais. Londres também permitirá que os fãs dos Jogos Olímpicos em todo o mundo sintam o gosto do Rio 2016, já que o Rio subirá ao palco global com um segmento de oito minutos durante a Cerimônia de Encerramento dos Jogos de Londres.

 

 

O presidente do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Nuzman, disse: “Continuo confiante na integração e união entre os três níveis de governo (federal, estadual e municipal), o Rio 2016 e outros parceiros, o que é fundamental para o sucesso deste projeto. Essa união vem desde a época da nossa candidatura. Agradecemos todas as recomendações e comentários construtivos que recebemos da Comissão de Coordenação do COI esta semana, e continuaremos a trabalhar duro com nossos parceiros para cumprir nossos prazos”.

 

 

A Comissão visitou o local da futura Vila Olímpica, onde a Presidente El Moutawakel deu início à construção  ao lado do Prefeito do Rio e dos responsáveis pela execução das obras; a linha de BRT (Bus Rapid Transit, os ônibus de trânsito rápido) Transoeste; e o túnel do metrô de São Conrado. Os Jogos já estão servindo como catalisadores de mudanças positivas na cidade, com o BRT Transoeste, programado para ser usado durante os Jogos, abrido oficialmente para o público hoje – um dos muitos grandes legados em andamento para o Rio 2016. De fato, todas linhas de BRT planejadas para os Jogos, assim como a nova linha de metrô, já estão em construção.

 

 

A Comissão de Coordenação também recebeu com satisfação a notícia de que a construção da vila de acomodações para a mídia na Barra foi confirmada. Além disso, observou que, embora haja um grande interesse em projetos de novos hotéis no Rio, um alto número ainda precisaria ser construído para preencher a lacuna observada à época da candidatura. Como antecipado, um grande número de quartos estará em navios de cruzeiro, e a construção do novo píer e a renovação do porto serão essenciais para garantir uma experiência positiva para aqueles que usarem esses navios. Um grupo de trabalho foi formado pelo Rio 2016 e seus parceiros para assegurar uma boa integração em torno desse projeto complexo.

 

 

Os organizadores e seus parceiros locais atualizaram a Comissão sobre o progresso atingido em várias áreas da preparação para os Jogos, incluindo os serviços para os atletas e Comitês Olímpicos Nacionais, os serviços de esporte e para as Federações Internacionais, os Jogos Paralímpicos, marketing, sustentabilidade, legado e instalações. Particularmente bem recebida pela Comissão foram a excelente apresentação da preparação do Time Brasil para os Jogos de 2012 e 2016 e o trabalho bem sucedido da equipe de marketing do Rio 2016 em engajar o mercado como um todo.

 

Fonte: Plantão Barra, Graça Paes com fontes COB e COI