Início Plantão Barra Plantão Barra: Reunião do 31º CCS alerta para os cuidados com os...

Plantão Barra: Reunião do 31º CCS alerta para os cuidados com os golpes na região na Barra e do Recreio

 

 

Na manhã desta segunda-feira, dia 9, foi realizada a reunião mensal do 31º Conselho Comunitário de Segurança – 31º CCS, na Creche Cantinho Feliz, na comunidade Beira Rio, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. 

 

Estiveram presentes ao encontro Cléo Pagliosa,presidente do 31 CCS, o representante da 42ª DP Dr. Márcio, a representante da 16º Dra. Heloísa,o representante da OAB – Barra, Dra. Márcio Dias e os  representantes de associações civis e comunitárias da região.

 

Na ocasião,foi abordada a questão do estacionamento irregular oriundo do público que freqüenta o shopping Recreio e que quer se safar do pagamento do estacionamento no local, e então para nas ruas próximas, e do aumento no número de roubos de veículos e assalto a transeuntes na região.

 

Também foram abordadas as questões relacionadas as obras e ao trânsito na avenida das Américas, no Recreio, e o perigo de alguns cruzamentos na região cujo o desrespeito de alguns motoristas tem provocado diversos acidentes, em alguns casos fatais.

 

A representante da 16ª DP alertou aos presentes e pediu a todos que disseminassem a informação sobre o perigo dos golpes do bilhete premiado e do falso seqüestro que tem crescido assustadoramente nas regiões da Barra e do Recreio. As autoridades reforçam a importância de se fazer o registro de ocorrência, sempre, e ainda mais nestes casos, para que se possa viabilizar as investigações.  Vale lembrar que no mês de março com a ajuda de denúncias, a 42ª DP conseguiu desencadear uma quadrilha de extorsão por telefone que estava situada dentro do complexo penitenciário de Bangu e agia no Recreio.

 

O representante da OAB-Barra, Dr. Márcio Dias falou sobre o processo em que se solicita a instalação de câmeras na parte externa das instituições bancárias na Barra, cujo o mesmo foi extinto sem julgamento de mérito, porém ele salientou que OAB-Barra já apelou da decisão.

 

 

Fonte: Plantão Barra: Graça Paes

1 COMENTÁRIO

  1. Boa Noite!
    Lendo a respeito dos assuntos abordados na reunião do CCS, um deles me chamou a atenção.Trata-se do “fato atípico” do falso sequestro. Digo que é fato atípico, pois tentei em vão, registrar tal fato ocorrido com meu esposo que beira seus bem vividos 70 anos, que foi pego de surpresa com o chamado dos meliantes, por telefone, dizendo estar com arma apontada pra cabeça de um dos meus filhos e que queria dinheiro se não iria matá-lo! Liguei imediatamente pro meu filho e constatei que ele estava em segurança, logo após liguei para 190 que me orientou que eu fosse a Delegacia mais próxima para fazer o registro. Chegando a 42 DP me dirigi ao balcão de atendimento para fazer o registro e fui informada que era “fato atipico”, pois o crime não havia se consumado. Não havia necessidade de registrar o ocorrido porque o fato era “atipico”. O crime não ocorreu pois não houve a entrega, propriamente dita, do valor do resgate e que caso houvesse esse acordo, nós deveríamos entrar em contato com a DAS, no Leblon. Gostaram da resposta? Pois é, coloquei então, minha viola no saco e voltei pra casa. Feliz por não ter meu filho nas mãos desses meliantes! Porém indignada com a maldade do ato dos degenerados que podiam ter causado um enfarto ou coisa pior no meu companheiro, com a crueldade de seu ato! Fiquei sem saber o que devo fazer até ler a sinopse da reunião do CCS. Só peço que o Delegado responsável pela 42 DP avise aos seus subordinados que é pra “efetivamente” realizar o BO. Sem mais! Abraços!!!