Início Plantão Rio Plataforma da Transocean aderna na Baía de Guanabara

Plataforma da Transocean aderna na Baía de Guanabara

Uma plataforma da empresa Transocean que está atracada próximo ao Pier Mauá, na Baía de Guanabara, adernou no final da noite de sábado (28) e os cerca de 100 funcionários que estavam na plataforma tiveram que ser retirado às pressas.

 

 

Ainda não há informações mais detalhadas sobre o problema, mas um submarino da Marinha, que estava nas proximidades teve que ser retirado também às pressas. A Capitania dos Portos ainda não se pronunciou sobre o assunto. Da mesma forma, a Agência Nacional do Petróleo e Gás Natural (ANP) e a Transocean.

 

Uma das maiores e mais importante empresa de perfuração de poços em atividades offshore (alto-mar) do mundo, a Transocean tem a maioria de suas operações no país ligadas à petroleira norte-americana Chevron.

 

Ambas foram responsáveis, em novembro do ano passado, pelo vazamento de petróleo no Campo de Frade, na Bacia de Campos, litoral norte do Rio de Janeiro, provocando o derramamento de 2,4 mil barris de óleo cru no mar.

 

Contactada pela Agência Brasil, a Petrobras informou que ainda não foi notificada sobre qualquer acidente envolvendo plataformas por ela contratadas. O que, a princípio, segundo a empresa, afasta a possibilidade que a plataforma acidentada estivesse a serviço da estatal.

 

Fonte: Agência Brasil