Início Plantão Rio Pó suspeito no consulado dos EUA

Pó suspeito no consulado dos EUA

O Consulado-Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro recebeu na quarta-feira (13/4) pela manhã uma correspondência com um pó não identificado. Os funcionários da representação diplomática acionaram os bombeiros. O local foi isolado até o final da manhã. Em nota, o consulado informou não ter indicações de que o material é nocivo.
 
Não há registros de feridos. A correspondência com o pó foi enviada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que é uma instituição pública ligada ao governo federal, cujo objetivo é desenvolver pesquisas na área de saúde. O material será analisado por especialistas.
Em nota, o consulado informou que coopera diretamente para as investigações sobre a correspondência e que, com base nas análises preliminares, não há indicações de que o material contido na carta seja suspeito.
 
“Com base nas inspeções iniciais, o consulado não tem nenhuma indicação de que o envelope contém quaisquer substâncias nocivas, mas como precaução, enviou o item para testes e avaliações das autoridades competentes locais. Para maiores informações sobre esse assunto, referimo-nos às autoridades no Rio de Janeiro”, diz o comunicado.
 
A correspondência foi enviada ao consulado 24 dias depois de o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ter visitado Brasília e Rio de Janeiro com a família e uma comitiva com assessores e empresários.

Fonte: Agência Brasil