Início Plantão Rio Polícia investiga quadrilha de colombianos que furtava residências de luxo no Rio

Polícia investiga quadrilha de colombianos que furtava residências de luxo no Rio

 Dois colombianos foram presos e mais cinco, conduzidos à delegacia no Rio de Janeiro. Os sete são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em agiotagem e furtos a residências de luxo na capital fluminense. O delegado responsável pelo caso, Fabio da Costa Ferreira, disse que, se condenados, os suspeitos poderão ficar pelo menos cinco anos presos.

 

 

O delegado informou que o sistema de agiotagem provavelmente é financiado pelos furtos às residências. “Uma das vítimas da quadrilha foi o jogador [argentino] Conca. Depois que identificamos os furtos, descobrimos a atividade de agiotagem. Entre as vítimas de agiotagem estão muitos estrangeiros, principalmente outros colombianos”, disse.

 

 

Segundo a Polícia Civil, os agentes prenderam um colombiano em Vila Isabel, na zona norte, e outro no centro do Rio. Além disso, a polícia ainda apreendeu materiais usados na agiotagem, como tabelas de controle de devedores, fichas individuais dos devedores e panfletos para interessados nos empréstimos.

 

Agência Brasil