Início Plantão Rio Polícia Militar oferece curso de segurança predial para porteiros

Polícia Militar oferece curso de segurança predial para porteiros

 

Controlar a entrada e saída de pessoas e carros, levando em consideração a segurança do condomínio, não é tarefa fácil para os porteiros. Para tentar minimizar os riscos, a Polícia Militar oferece em seus batalhões, periodicamente, o Curso de Segurança Predial. Nesta quinta-feira (19/04), começou a primeira turma de 2012 no 19º BPM (Copacabana).

 

 

Durante dois dias, 32 porteiros – a maioria da Zona Sul – voltam para a sala de aula para aprender como evitar assaltos nos prédios onde trabalham. Entre as orientações passadas, estão a necessidade de sempre confirmar a identidade de um visitante ou entregador; verificar se o morador, de fato, está esperando uma encomenda antes de abrir o portão; e nunca ficar do lado de fora do edifício com as chaves na mão.

 

 

De acordo com o comandante dp 19º BPM (Copacabana), Claudio Costa Oliveira, essas são apenas algumas das situações que os criminosos aproveitam para invadir os prédios.

 

 

– Existem duas condições para um crime acontecer: a vontade do criminoso e a oportunidade. Esse curso pretende acabar com o princípio da oportunidade, no caso dos assaltos a prédios. O importante é que eles aprendam a não dar chance para que o criminoso aja – disse o coronel.

 

 

Apenas neste batalhão, cerca de 500 porteiros já foram capacitados. E há quem até volte para fazer reciclagem. É o caso de Adriano Eleotério de Barros, de 41 anos, que trabalha como porteiro em um prédio no Leblon há dois anos. Ele já tinha feito o curso no 23º BPM (Leblon) no ano passado, e voltou para as aulas, desta vez em Copacabana.

 

 

– Esse curso é muito importante para a gente saber como agir em cada situação e orientar os outros funcionários e moradores. Quanto mais segurança melhor – disse o porteiro, acrescentando que a maior dificuldade para aplicar os conhecimentos adquiridos é a resistência dos próprios moradores: – a gente fala, mas eles não aceitam.

 

 

Pensando em solucionar este problema, o 19ª BPM decidiu oferecer o primeiro curso de segurança destinado exclusivamente aos síndicos. A primeira turma será em maio.

 

 

– É o uma forma de orientar os síndicos para que fiscalizem as medidas de segurança adotadas pelos porteiros e cobrem colaboração dos moradores – afirmou o comandante Claudio Costa Oliveira.

 

Fonte: Governo do Rio